+55 11 3995-6919 / +55 11 3900-1010

Qual é a nuvem ideal para seu negócio?

Após decidir migrar para a nuvem, as empresas se deparam com uma questão muito importante: qual é o modelo ideal para meu negócio? Esse é um dilema muito comum, uma vez que a maioria das empresas não possuem uma estratégia madura para nuvem, algo que pode levar a gastos excessivos e baixo desempenho do ambiente. Uma experiência completamente avessa ao que a nuvem pode realmente ofertar: como segurança, baixo custo e processos simplificados e eficientes, por exemplo.

Mas, como decidir a nuvem ideal para seu negócio?

Mas para conseguir atingir seus objetivos por meio da tecnologia em cloud, é preciso seguir alguns passos, de forma a aumentar a assertividade na decisão de qual modelo de nuvem se adapta melhor para seu negócio. Por isso preparamos dicas do que é importante considerar antes de realizar uma transição como essa:

1- Entenda suas necessidades

O primeiro passo é determinar quais são suas necessidades e objetivos. Parece algo simples a considerar, mas é importante entender o momento que seu negócio atravessa, pois assim é possível traçar uma estratégia totalmente adaptada a sua empresa. Assim evitando gastos desnecessários.

2- Conheça as diferenças entre os tipos de nuvem

Existem diferentes tipos e modelos de nuvem. As nuvens públicas são normalmente uma opção para empresas de menor porte, pois oferecem um baixo custo, além da facilidade da adoção, até grandes corporações pois os investimentos crescem conforme seu uso. Ela é utilizada no modelo Software as a Service (SaaS), Infrastructure as a Service (IaaS) e até Function as a Service (FaaS) e possui uma infraestrutura que pertence a um provedor externo.
Já a nuvem privada pode ser melhor adaptada em negócios de maior estrutura.

E a nuvem hibrida, em uma primeira vista, parece conseguir abranger um maior número de empresas pois traz o melhor dos dois outros tipos, é muito utilizado durante a transição entre o ambiente físico e a nuvem pública, já que as nuvens públicas são cada vez mais completas, os motivos para não migrar para uma nuvem pública são cada vez menores, mas ainda existem casos como: investimentos recentes e exigências legais que podem inviabilizar o uso de nuvem pública, mas isso tem sido cada vez menos comum. Um ponto importante para ser levado em consideração aqui, é se manter dois ambientes não será mais custoso que apenas um, leve em consideração treinamento, administração, orçamentos e custos.

3- Contrate uma consultoria em cloud

Para uma migração segura que seja totalmente adaptada ao tipo e tamanho de sua empresa, é importante investir em profissionais especializados no assunto. Por isso contratar uma empresa de consultoria em cloud pode garantir que sua empresa tenha acesso a todos benefícios da tecnologia, através de uma análise das capacidades de seu ambiente, um planejamento bem detalhado, assim garantindo uma migração segura e otimizada. Confira nosso artigo que explica os benefícios de se contratar uma consultoria em cloud.

Veja nosso e-book que explica porque migrar para cloud

Conheça as soluções da Darede!

A Darede, empresa de consultoria especialista em serviços de TI possui 7 anos de experiência no mercado. A empresa, é parceira Advanced da Amazon Web Services (AWS) contando com cinco selos de especialização: AWS Well Architected, WMWare on Cloud, Public Sector Partner, Amazon CloudFront e Amazon EC2 for Microsoft Windows Server. Além de ser Gold Partner em Cloud Productivity da Microsoft.

Veja mais artigos sobre tecnologia em nosso blog!

Novidades da semana da AWS – 14 a 18 de dezembro

Todos os dias a AWS lança uma série novidades e atualizações em seus produtos que visam melhorar a vida de seus usuários. Reunimos algumas delas que fazem mais sentido para nosso mercado e que certamente aplicaremos em nosso dia a dia. Confira as novidades da última semana.

Segurança e Governança

AWS KMS – ABAC disponível para KMS

O AWS Key Management Service (KMS) anunciou a disponibilidade do Attribute-Based Access Control (ABAC) em sua plataforma para permitir o uso de tags nas políticas do serviço.

AWS Cost Anomaly Detection – Disponível para todos os usuários

Em setembro, o AWS Cost Anomaly Detection foi anunciado em preview. E nessa semana o serviço foi disponibilizado para todos os usuários da plataforma. AWS Cost Anomaly Detection é um serviço gratuito que monitora seus padrões de gastos para detectar gastos anormais e fornecer análise da origem dessas anormalidades.

AWS Well-Architected – AWS Well-Architected Guidance Engine disponível no AWS Control Tower

A AWS anunciou que a ferramenta AWS Well-Architected Guidance Engine está disponível no AWS Control Tower. O AWS Well-Architected Guidance Engine ajuda a determinar os próximos passos e as melhores práticas para que as empresas possam aproveitar o máximo que a AWS pode oferecer.

AWS Well-Architected – APIs disponíveis no AWS Well-Architected Tool

O AWS Well-Architected Tool agora oferece em sua ferramenta o recurso de APIs e APN de parceiros para aumentar sua funcionalidade, melhores práticas e outros processos para melhorar fluxos de trabalho, arquiteturas e aplicações do ambiente em cloud.

Amazon EBS – Redução do valor mínimo do volume de HDD

O Amazon EBS diminuiu em 75% o valor mínimo de Throughput Optimized HDD (ST1) and Cold HDD Volumes (SC1) para contratação. Agora usuários podem contratar o mínimo de 125 GB.

AWS Organization – Disponibilização de membros no Cost & Usage Report

Agora é possível gerenciar conta de membros do AWS Organization no Cost & Usage Reports de forma que apresente os custos específicos e dados de uso apenas para sua conta.

AWS SSO – Suporte a Microsoft Active Directory (AD) synchronization

O AWS SSO agora sincroniza grupos, além de informações do usuário, para clientes que utilizam o Microsoft Active Directory (AD).

Amazon Route 53 – Suporte a DNSSEC

A AWS anunciou a possibilidade de utilizar o Domain Name System Security Extensions (DNSSEC) no Amazon Route 53.

Compute & Network

AWS Nitro Enclaves – Disponível em 6 novas regiões

O AWS Nitro Enclaves está disponível em 6 novas regiões: África (Cape Town), Ásia Pacífico (Seul), Canadá (Central), Europa (Milão), Oriente Médio (Bahrain), and US Oeste (N. California).

Amazon Data Lifecycle Manager – Snapshots do EBS automatizados

A AWS anunciou que agora é possível automatizar snapshots do EBS em diferentes contas de diferentes regiões.

Amazon FSx – suporte a acessos On-premises

O Amazon FSx anunciou que agora é possível acessar o serviço através de suas redes On-premises.

Amazon EC2 – Image Builder suporta imagens de containers

O Amazon EC2 Image Builder anunciou que agora é possível utilizar a ferramenta para criar e testar imagens de containers.

Amazon EC2 – Anúncio da ferramenta Spot Blueprints

A AWS anunciou a ferramenta Spot Blueprints, um gerador de modelos de código de infraestrutura que facilita o início do uso de instâncias Spot.

Amazon SageMaker – Anúncio da Instância mLP4d

Amazon SageMaker anunciou a instância mLP4d para trazer uma maior performance no treinamento de machine learning em cloud. Ele promove 100Gb de networking throughput, 96 VPCs, 8 NVIDIA A100, 1.1 TB de Memória RAM e 8 TB de NVMe.

Amazon Managed Service for Grafana – Disponível em preview

A AWS anunciou o Amazon Managed Service for Grafana em preview. Esse é um serviço gerenciado que permite a visualização de dados para que clientes possam consultar, relacionar e analisar de forma instantânea as métricas operacionais, logs de suas aplicações a partir de múltiplas fontes de dados.

Amazon Managed Service for Prometheus – Disponível

A AWS anunciou o Amazon Managed Service for Prometheus um serviço gerenciado que facilita o monitoramento em escala de aplicações de contêineres, totalmente compatível com o Prometheus.

AWS Cloud Shell – Anúncio oficial

A AWS anunciou o AWS Cloud Shell, um serviço baseado no Amazon Linux 2, que permite desenvolvedores utilizar seus scripts e linhas de código diretamente do console do AWS.

AWS Systems Manager – Anúncio da ferramenta Change Manager

A AWS anunciou o AWS Systems Manager Change Manager, uma ferramenta que simplifica a forma de solicitar, aprovar, implementar e informar sobre mudanças operacionais na configuração e infraestrutura de suas aplicações da AWS ou On-premises.

AWS Systems Manager – Anúncio da ferramenta Fleet Manager

A AWS anunciou o AWS Systems Manager Fleet Manager que auxilia a otimizar e dimensionar seu processo de gerenciamento remoto de servidores.

AWS Wavelength Zone – Disponível em Tóquio

A AWS anunciou o AWS Wavelength Zone em mais uma região. Desta vez na região de Tóquio em parceria com a KDDI.

Database e Outros

Amazon Lumberyard – Anúncio da versão Beta 1.27

O Amazon Lumberyard anunciou sua versão Beta 1.27 que traz diversas atualizações e melhorias.

AWS IoT Core – Integração com o Apache Kafka

O AWS IoT Core anunciou que agora a ferramenta pode interagir e mandar dados de dispositivos IoT origem para uma fila do Apache Kafka.

AWS IoT Core – Anúncio da ferramenta Device Advisor

A AWS anunciou em preview o AWS IoT Core Device Advisor, uma ferramenta totalmente gerenciada baseada em cloud para testar e validar dispositivos IoT.

Amazon Aurora PostgreSQL – Integração com AWS Lambda

O Amazon Aurora for PostgreSQL anunciou que agora é permitido fazer chamadas para as funções do AWS Lambda.

Amazon Aurora PostgreSQL – Suporte às versões 11.9/10/14 e 9.6.19

O Amazon Aurora PostgreSQL anunciou suporte às versões 11.9, 10.14 e 9.6.19 que trazem diversas melhorias.

AWS Lambda – Checkpointing para Amazon Kinesis e Amazon DynamoDB Streams

O AWS Lambda agora permite que clientes verifiquem de forma automática registros de checkpoints que foram processados com sucesso no para Amazon Kinesis e no Amazon DynamoDB Streams.

AWS Lambda – Suporte gerenciado do Apache Kafka

O AWS Lambda anunciou que agora é possível construir aplicações que podem ser acionadas por mensagens em um cluster Apache Kafka hospedado em qualquer infraestrutura.

AWS Management Console – anúncio da ferramenta Unified Search

A AWS anunciou a ferramenta Unified Search que permite a pesquisa de informações no AWS Management Console de forma simplificada.

Quer saber as novidades da AWS das últimas semanas? Leia nosso blog!

E acompanhe toda sexta-feira em nosso canal do Youtube nossa live sobre as Novidades da Semana.

O que é Infrastructure as Code (IaC)?

Para começar a entender o conceito de IaC, primeiro é preciso tratar da cultura DevOps, que tomou conta das empresas mundo afora. Ao implantar cultura DevOps, as empresas buscam simplificar processos com a finalidade de alcançar os melhores resultados de forma mais ágil. Essa metodologia surgiu da necessidade de integrar os times de desenvolvimento e de operação, trazendo consigo um conjunto de estratégias aplicadas com a finalidade de solucionar problemas e otimizar os processos para desenvolver projetos com maior velocidade e qualidade. Trazendo o foco no cumprimento de tarefas, e no modelo de responsabilidade compartilhada dentro da equipe, a cultura DevOps tem a capacidade de aumentar os esforços na otimização de processos, além de desenvolver um fluxo de trabalho mais seguro, eficiente e rápido. E o conceito de Infrastructure as Code (IaC), tem muita relação com a cultura DevOps.

Mas o que é Infrastructure as Code?

A cultura DevOps, associada à provedores de cloud e outras soluções onde tudo é “automatizável” por intermédio de APIs, cria um universo de possibilidades para desenvolvedores criativos. Infrastructure as Code (IaC), consiste na utilização de uma linguagem de codificação descritiva de alto nível (em geral arquivos de configuração padronizados, com o json e yaml) que tem como objetivo automatizar o provisionamento da infraestrutura de TI. Assim excluindo a necessidade dos desenvolvedores de provisionar e gerenciar ferramentas de um ambiente de TI, como servidores, armazenamento, sistemas operacionais, por exemplo.
Esse conceito, se assemelha bastante com de scripts de programação, uma vez que ambos automatizam processos de TI, mas eles se diferenciam na capacidade de provisionar e implantar processos mais versáteis e adaptáveis a diversos tipos de ambientes de TI. É possível criar um servidor por exemplo, ou um conjunto deles, tudo baseado em scripts e lógicas que atendam a realidade do negócio.

As ferramentas de IaC podem ser divididas em duas categorias: de orquestração, usadas para provisionar e gerenciar componentes do ambiente (como recursos em cloud), o AWS CloudFormation e Terraform, são exemplo de orquestração IaC, e as de gerenciamento de configuração que tem como objetivo instalar e atualizar e administrar o software em execução em servidores como o Puppet, Chef, Ansible e de certa forma até o Kubernetes.

Veja na prática como automatizar o provisionamento de serviços na nuvem.

Benefícios da IaC

Agilidade: A capacidade de automação da IaC acelera o processo de provisionamento de uma infraestrutura para desenvolver, testar e produzir aplicações. Permitindo a configuração de uma infraestrutura completa executando apenas um script. Assim possuindo os mesmos princípios seguidos na cultura DevOps no quesito da velocidade e consistência do ciclo de vida de entrega do projeto.

Consistência: Com a automatização de processos oriundos da IaC, falhas e discrepâncias que seriam criadas por um processo manual são praticamente eliminadas. A infraestrutura como código tem a capacidade de evitar esses possíveis problemas, pois seus arquivos de configuração possuem apenas uma única fonte de informação, assim garantindo a possibilidade de realizar repetidas implantações de forma consistente e sem disparidade de informações.

Segurança: Assim como todos os serviços de cloud computing, a IaC traz mais segurança para o ambiente de TI da sua empresa. As ferramentas de infraestrutura como código permitem a correção rápida de erros e a solução de problemas de forma automatizada, deixando assim uma infraestrutura mais segura e gerenciada pela empresa.

Acompanhe mais artigos no blog da Darede!

Novidades da semana da AWS 07 a 11/12

Todos os dias a AWS lança uma série novidades e atualizações em seus produtos que visam melhorar a vida de seus usuários. Reunimos algumas delas que fazem mais sentido para nosso mercado e que certamente aplicaremos em nosso dia a dia. Confira as novidades da última semana.

Segurança e Governança

Novo serviço — AWS Audit Manager
A AWS anunciou o AWS Audit Manager, um novo serviço que ajuda auditar de forma contínua seu ambiente AWS para simplificar a forma como você avalia o risco e a obter estratégias de compliance em conformidade com as principais leis de proteção de dados.

Networking & Compute

Nova solução — VPC Reachability Analyzer
Ao implantar arquiteturas de rede cada vez mais complexas, o tempo de resolução de problemas de conectividade de rede causados por má configuração é maior. Por isso a AWS anunciou o VPC Reachability Analyzer, uma ferramenta de diagnóstico de rede que soluciona problemas de acessibilidade entre dois pontos terminais, sendo capaz de atuar em uma ou diversas VPCs.

Amazon QuickSight — Amazon QuickSight agora suporta Amazon Elasticsearch
Com o Amazon QuickSight dashboards agora é possível visualizar os dados do Amazon Elasticsearch Service. Ou seja, os usuários da AWS podem selecionar o Amazon Elasticsearch Service como fonte de dados, selecionar o domínio de algum dado específico para analisar e começar a visualizar no QuickSight.

AWS Transit Gateway — Suporte a Internet Group Management Protocol (IGMP)
O AWS Transit Gateway tem suporte a Internet Group Management Protocol (IGMP), que simplifica o gerenciamento e deploy de aplicações em multicast. Ou seja, é possível se conectar via IGMP para trazer e replicar um streaming de dados.

Novo serviço — AWS Transit Gateway Connect
A AWS anunciou o AWS Transit Gateway Connect, um recurso do AWS Transit Gateway que permite a integração com conexão via SD-WAN, o conjunto de tecnologia que simplifica e facilita a comunicação em substituição às antigas VPN.

Amazon EC2 — Novas métricas de performance de rede
O Amazon EC2 anunciou novas métricas de performance de rede para oferecer mais visibilidade de forma que auxilie na resolução proativa de problemas de rede em um ambiente em cloud, bem como definir o tamanho correto de suas fleets de instância com base no desempenho da estrutura.

AWS Global Acelerator — Suporte a rotas customizadas
O AWS Global Acelerator anunciou o suporte a um acelerador de rotas customizadas, que permite utilizar uma própria lógica de aplicação para rotear o tráfego do usuário para um destino específico da Amazon EC2, enquanto ainda aproveita os benefícios do Global Accelerator.

Amazon Machine Images – Amazon Machine Images (AMIs) suporta tags
Assim como outros serviços da AWS, o Amazon Machine Images (AMIs), recurso do Amazon EC2 anunciou suporte a tags, ou seja, quando uma AMI é criada, ela já pode ser tagueada com as tags da instância de origem.

Amazon EMR — suporte a instâncias Graviton2
O Amazon EMR é mais um serviço que possui suporte às instâncias Graviton2 que oferecem um custo 30% menor e uma performance 15% maior.

Amazon ECS — Suporte a Circuit Braker
O Amazon ECS anunciou suporte ao circuit braker de modo que impeça seu sistema evite os ‘loops’ infinitos de API, permitindo que usuários encontrem falhas em implantações de forma rápida.

Database

Amazon Redshift — Integração nativa com parceiros AWS
O Amazon Redshift agora suporta a integração nativa com parceiros selecionados da AWS dentro do Amazon Redshift Console. Com o novo console de integração de parceiros, é possível acelerar a integração de dados onboarding e criar valiosos insights comerciais em minutos, integrando-se com soluções selecionadas de parceiros.

Amazon Redshift — Capacidade de transferir clusters entre AZs
O Amazon Redshift agora oferece a capacidade de mover um cluster do Amazon Redshift para outra AWS Availability Zone (AZ). O recurso de realocação de um cluster para outra AZ é feita em apenas uma etapa sem requerer mudanças na aplicação.

AWS Lake Formation — Anúncio de novos recursos
A AWS anunciou em preview alguns recursos do AWS Lake Formation como aceleração, transações e segurança em Row-level.

Amazon RDS for Oracle — suporta a estratégia de DR em cross-regions
O Amazon RDS for Oracle agora permite realizar uma estratégia de Disaster Recovery (DR) a partir de snapshots em cross-regions de forma automática.

AWS Code Guru — suporte a Python
A AWS anunciou que agora é possível usar o AWS CodeGuru para melhorar as aplicações escritas em Python. O recurso, ainda em preview, oferece recomendações sobre como melhorar o código Python de suas aplicações em diversas categorias.

Amazon Aurora — Amazon Aurora Serverless v1 com PostgreSQL disponível em novas regiões
O Amazon Aurora Serverless v1 PostgreSQL anunciou disponibilidade em novas regiões, são elas: Asia Pacific (Singapura), Asia Pacific (Sydney) Asia Pacific (Seul), Asia Pacific (Mumbai), Canadá (Central), Europe (Londres), Europe (Paris), e US West (N. California).

Quantum Technologies

Amazon Braket — Suporte a PennyLane
O Amazon Braket anunciou suporte a PennyLane, uma ferramenta open source que permite trabalhar com uma quantum computing híbrida.

Quer saber as novidades da AWS das últimas semanas? Leia nosso blog!

E acompanhe toda sexta-feira em nosso canal do Youtube nossa live sobre as Novidades da Semana.

Até semana que vem!

Containers: o velho novo recurso de cloud

O conceito de container não é novo, mas com a escalada da tecnologia em cloud nas empresas, esse recurso acabou se popularizando. A causa disso pode se dar na capacidade de aumentar a agilidade e produtividade do time de desenvolvimento, através da possibilidade de executar aplicações em qualquer sistema operacional, trazendo um ar de inovação para a ferramenta.

Mas o que é um container?

Imagine uma caixa que contém todos os comandos, dependências e ferramentas necessárias para você criar e/ou implementar aplicações isoladamente. Tudo isso em um ambiente totalmente virtualizado e compartilhado com o kernel do servidor. Sem preocupações com sua infraestrutura e sistema operacional. Esse é o conceito básico de cloud containers. Esse recurso se baseia em um método padrão que é capaz de unir o código, as configurações e dependências de um aplicativo num único objeto. Assim permitindo realizar implantações de forma rápida e consistente.

Veja nossos especialistas explicando o conceito de containers

Benefícios de containers

Redução de custos — Essa é uma vantagem amplamente citada, mas ao utilizar cloud containers, auxilia sua empresa a manter uma infraestrutura enxuta, bem como elimina a necessidade de instalar e configurar sistemas operacionais evitando a necessidade de possuir profissionais apenas para essa tarefa e resultando em uma economia na mão de obra.
Disponibilidade — Conforme abordado anteriormente, ao utilizar cloud containers em seu ambiente, você não possui preocupações com seu sistema operacional, ou seja, ele elimina o problema de ‘isso não roda na minha máquina, pois ele permite a portabilidade entre sistemas operacionais e até em diferentes tipos de nuvem. Podendo ser implantado em qualquer lugar.
Processos otimizados — Esse outro benefício de cloud computing que é bastante propagado. Mas com a vantagem de não instalar e configurar o sistema operacional do seu sistema, a aplicação ganha o protagonismo, podendo ser trabalhada de forma isolada. Assim otimizando o tempo de sua equipe de TI.

Containers X Virtual Machines

Ao iniciar na nuvem, muitas pessoas podem confundir o conceito de containers com o de virtual machines. De fato, ambos possuem objetivos similares: criar e implementar aplicações e suas dependências de forma isolada para que possam ser executadas em qualquer sistema. Mas elas possuem diferenças práticas nos aspectos de suas arquiteturas, conforme pode ser visto na imagem a seguir:

Como é possível compreender, através da imagem acima, o uso de containers é uma forma ágil, leve e dinâmica, para construir e implantar aplicações de forma isolada, o que permite manter a estabilidade de seu ambiente, garantindo produtividade e excelência operacional.

Confira mais artigos sobre cloud computing no blog da Darede

Novidades AWS re:Invent 2020 – 03/12

De 30 de novembro até 18 de dezembro acontece o Amazon Re:Invent 2020, a conferência de desenvolvedores da AWS, que nesse ano acontece de forma totalmente remota. E o blog da Darede acompanha todas as novidades que estão sendo anunciadas nesse evento. Confira as atualizações que foram divulgadas nesta quinta-feira (03/12).

AWS Marketplace

Managed Entitlements no AWS License Manager agiliza o rastreamento e a distribuição de licenças
A AWS anunciou um novo recurso, o managed entitlements, que permite distribuir e rastrear licenças eautomatizar implantações de software rapidamente – tudo a partir de uma única conta.

AWS Marketplace agora oferece serviços de suporte
Agora com a AWS Marketplace, os clientes podem não apenas encontrar e comprar software de terceiros, mas também contratar serviços profissionais que prestam suporte aos produtos adquiridos, incluindo planejamento, implantação e suporte.

AWS Well-Architected

Nova solução – SaaS Lens no AWS Well-Architected Tool
O AWS Well-Architected Framework começou em 2015 como um único whitepaper, mas se expandiu oferecendo diversas ferramentas como o AWS Well-Architected Tool. E a AWS anunciou, com o objetivo de acelerar a construção de soluções Software-as-a-Service (SaaS), o recurso AWS Well-Architected SaaS Lens.

Compute

Amazon CloudWatch Lambda Insights melhora a visibilidade operacional
Em outubro de 2019, a AWS lançou em preview o CloudWatch Lambda Insights, uma solução para clientes que procuram obter uma supervisão operacional mais profunda e visibilidade do comportamento de suas funções Lambda. E nessa semana, a AWS anunciou que o CloudWatch Lambda Insights já está disponível para todos os usuários da plataforma.

Nova solução – Batch Computing totalmente Serverless com suporte a AWS Batch para AWS Fargate
A AWS lançou o AWS Batch em dezembro de 2016 como um serviço de computação em lote totalmente gerenciado que permite que desenvolvedores, cientistas e engenheiros executem de forma fácil e eficiente centenas de milhares de trabalhos de computação em lote na AWS. E nessa semana a AWS apresentou o suporte desse serviço com o AWS Fargate.

Continue acompanhando as novidades do re:Invent2020 no blog da Darede! Veja as atualizações que já rolaram nessa semana!

Novidades da semana 23 a 27 de novembro

Todos os dias a AWS lança uma série novidades e atualizações em seus produtos que visam melhorar a vida de seus usuários. Reunimos algumas delas que fazem mais sentido para nosso mercado e que certamente aplicaremos em nosso dia a dia. Confira as novidades da última semana.

Segurança e Governança

AWS SSO – Autenticação de usuários com sistema biométrico e chaves de segurança/ Administradores podem exigir o uso de MFA durante o sign-in/ Simplificação de permissões de controle de acessos (ABAC)
O AWS SSO agora permite acessar suas contas por meio web authentication (WebAuthn) com chaves de segurança e biometria. Além disso, a ferramenta também possibilita que os usuários administradores exijam o uso de multi-factor authentication (MFA) no primeiro login de uma nova conta. Outra novidade é o recurso que simplifica as permissões de controle de acessos em suas contas AWS por meio da ferramenta atribute-based access control (ABAC).

Pricing Calculator – Suporte Dynamo DB
O AWS Pricing Calculator, a calculadora de custos da AWS, agora oferece suporte ao Amazon DynamoDB.

AWS License Manager – Suporte AMI licenses rules multi acconunt
O AWS License Manager anunciou que agora é possível realizar o gerenciamento das licenças de ferramentas que sua empresa usa, como o Microsoft Office, por exemplo, em múltiplas contas da AWS.

AWS Security Hub – Integração com AWS Organizations
O AWS Security Hub anunciou a integração com o AWS Organizations, para simplificar o gerenciamento de insights e outros recursos da ferramenta.

AWS Storage Gateway – FedRAMP Compliance
O AWS Storage Gateway atingiu o nível de compliance do Federal Risk and Authorization Management Program (FedRAMP).

Secrets Manager – Suporte a 5000 requests por Segundo para GetSecretValue API
O AWS Secrets Manager agora suporta um número maior de requisições por segundo para as operações do GetSecretValues API . Esse número pode chegar a 5000 requests.

Computação

EC2 – Windows Server versão 20H2/ Fleet e Spot Fleet integrados com EventBridge
O Amazon EC2 anunciou a disponibilidade de AMIs com licença inclusa para Windows Server versão 20H2. Além disso, as versões Fleet e Spot Fleet da ferramenta pode ser integrada com o Amazon EventBridge assim facilitando o monitoramento de eventos na instância.

Cloudwatch Synthetics – Melhorias para monitoramento de API
O Amazon Cloudwatch Synthetics anunciou melhorias em sua ferramenta de monitoramento de API, incluindo a possibilidade de monitorar múltiplas APIs em apenas um canary.

AWS Lambda – Novo code singning usa AWS Signer para validar o código antes de fazer o deploy
O AWS Lambda anunciou um novo recurso, o Code Signing que possibilita o uso da ferramenta AWS Signer para validar o código antes do deploy, de forma que outras pessoas não consigam alterar o código sem autorização.

AWS Lambda – Suporte a Advanced Vector Extensions 2
O AWS Lambda também anunciou suporte ao Advanced Vector Extensions 2 (ACX2), recurso que permite trabalhar com um número maior de operações inteiras e prontos flutuantes.

ECS – Cluster AutoScaling mais responsivo
O cluster Auto Scaling do Amazon ECS agora permite uma escalabilidade mais responsiva quando trabalhadas nas AZs e tipos de instâncias do ECS.

Integração DevOps

CodeGuru Reviewer – Suporte TAGs (Permissão)
O Amazon CodeGuru Reviewer anunciou suporte a tags, para que os usuários da ferramenta possam melhor organizar seus recursos.

EventBridge – Melhorias no resource polices
O Amazon EventBridge anunciou melhorias nas políticas de recursos de barramentos de eventos que facilitam a criação de aplicações que funcionam em múltiplas contas.

CloudWatch Application Insights – Suporte Java Application Monitoring/ Discovery de aplicação
O Amazon CloudWatch Application Insights, anunciou suporte ao recurso Java Application Monitoring, para monitorar facilmente as aplicações Java de sua empresa. Além disso, a ferramenta também adicionou o recurso de Discovery de aplicação que ajuda a detectar aplicações bem como configurar monitoramentos com base nessas detecções.

AWS Copilot CLI – Disponível para uso geral
A AWS anunciou que o AWS Copilot CLI agora está disponível para todos os usuários. O serviço simplifica o envio de aplicações para o AWS ECS.

Systems Manager – Suporte endpoint policies
O AWS Systems Manager vem recebendo atualizações semanais em sua ferramenta. Nessa semana, ela recebeu suporte às endpoint policies do Amazon VPC.

AWS CodeArtifact – Agora suporta NuGet
O AWS CodeArtfact agora suporta os pacotes NuGet for .NET para desenvolvedores.

Cloudwatch Synthetics – Suporte scripts Python com Selenium Framework
O AWS CloudWatch Synthetics agora suporta canary scripts em Python com o Selenium Framework.

Cognito – Disponível em São Paulo
O Amazon Cognito agora está disponível em duas novas regiões, em São Paulo e na Califórnia (EUA).

AWS App2Container (A2C) – Suporta autenticação Windows
O AWS App2Container agora suporta o recurso de autenticação em aplicações Windows para deploy em EKS e Custom AWS Profiles.

CloudFormation – Suporte a módulos
O AWS CloudFormation anunciou suporte ao recurso de módulos em sua ferramenta.

Big Data

Kinesis Data Analytics – Suporta Apache Flink v.11
O Amazon Kinesis Data Analytics anunciou suporte ao Apache Flink v.11 apresentando melhorias para a API de tabela e SQL.

Kinesis – Captura de mudanças no nível de itens do DynamoDB
Os usuários do Amazon Kinesis Data Streams agora podem utilizar a ferramenta para capturar mudanças no nível de itens das tabelas do Amazon DynamoDB.

DynamoDB – Queries compatíveis com SQL
O Amazon DynamoDB anunciou que as queries da plataforma agora estão compatíveis com bases de dados SQL para inserir, atualizar ou deletar dados.

DocumentDB – Disponível em São Paulo
O Amazon DocumentDB anunciou que a partir dessa semana está disponível na região de São Paulo.

DMS – Suporte Aurora Postgres Serverless como target
O AWS Database Migration Service expandiu suas funcionalidades e adicionou o suporte ao Amazon Aurora Severless como target.

RDS SQL Server – Suporte Business Intelligence Suite
O Amazon SQL Server agora suporta o Microsoft Business Intelligence suite on SQL Server.

Amazon Managed Workflows – Airflow gerenciado da AWS
A AWS anunciou o Amazon Managed Workflows for Apache Airflow (MWAA). Ele é um serviço de orquestração gerenciado para Apache Airflow.

RDS Oracle – Atualizações de Segurança
O Amazon RDS Oracle anunciou uma nova atualização de segurança Outubro 2020, assim trazendo melhorias para o serviço.

Elasticsearch – Anúncio do Elasticsearch 7.9/ Suporte para Remote Reindex, PPL, Anomaly Detection, entre outros recursos
O Amazon Elasticsearch anunciou a versão 7.9, que traz diversas melhorias além de correção de bugs. Além disso, o serviço anunciou suporte para diversos recursos: Piped Processing Language (PPL), Remote Reindex, anomaly detection, permissão granular do Kibana e Gantt charts.

RDS for PostgreSQL – Performance insights adicionou novas dimensões
O Amazon RDS Performance Insights adicionou novas dimensões na versão para PostgreSQL da ferramenta.
https://aws.amazon.com/pt/about-aws/whats-new/2020/11/amazon-rds-performance-insights-supports-additional-dimensions-segment-performance-data/

Outros

SageMaker Studio – Disponível globalmente
O Amazon SageMaker Studio agora está disponível para todas as regiões da AWS.

Amazon Comprehend Events – Novo serviço
A AWS anunciou um novo serviço, o Amazon Comprehend Events. A ferramenta é capaz de extrair eventos reais no mundo e associar argumentos a partir de documentos.

Amazon Braket – Ajuste manual de qubit
O Amazon Braket anunciou que a partir de agora é possível ajustar manualmente o volume de qubits de seu sistema.

WorkDocs – Modo escuro disponível no Android
O Amazon Workdocs adicionou a função de modo escuro para usuários de Android.

Quer saber as novidades da AWS das últimas semanas? Leia nosso blog!

E acompanhe toda sexta-feira em nosso canal do Youtube nossa live sobre as Novidades da Semana.

Até semana que vem!

Novidades AWS – Versão re:Invent 2020

Começou nessa semana o Amazon Re:Invent 2020, a conferência de desenvolvedores da AWS, que nesse ano acontece de forma totalmente remota. Desde a última segunda-feira (30), até 14 de janeiro, serão anunciadas diversas mudanças na plataforma. Confira as novidades que foram divulgadas nesta terça-feira.

Analytics

Novo serviço – Amazon QuickSight Q Answers Natural-Language Questions About Business Data
A AWS anunciou em preview o Amazon QuickSight Q, um recurso de Natural Language Query (NLQ) desenvolvido através de machine learning (ML). Com o Q, os usuários podem agora usar o QuickSight para fazer perguntas sobre seus dados usando a linguagem cotidiana e receber respostas precisas em segundos.

Compute

Nova Solução – Use o Amazon EC2 Mac Instances para construir e testar macOS, iOS, ipadOS, tvOS, e watchOS Apps
A AWS apresentou uma grande novidade para o Amazon EC2! Agora é possível criar e desenvolver aplicações em macOS, iOS, ipadOS, tvOS, e watchOS!

Em breve – Amazon EC2 G4ad Instances com GPUs AMD para Graphics Workloads
Clientes com Workloads de alto desempenho gráfico, como os streaming de jogos, animação e/ou renderização de vídeo, estão sempre em busca de um desempenho superior a um custo menor. E a AWS anunciou que novas instâncias do Amazon Elastic Compute Cloud (EC2) na família de instâncias G4 estarão disponíveis em breve para melhorar o desempenho e reduzir o custo de Graphics Workloads de alta performance.

Novas Instâncias EC2 C6gn – Rede 100 Gbps com processadores AWS Graviton2
A AWS segue expandindo o portfólio de Arm-based Graviton2 com instâncias C6gn que fornecem até 100 Gbps de largura de banda de rede, até 38 Gbps de largura de banda do Amazon Elastic Block Store (EBS), até 40% maior desempenho no processamento de pacotes e até 40% melhor preço/desempenho em relação às instâncias otimizadas de rede comparáveis da geração atual baseada em x86.

EC2 Update – D3 / D3en Dense Storage Instances
A AWS lançou novas gerações das instâncias do tipo D, a D3 e D3en que fornecem enormes quantidades de armazenamento a um baixo custo.

Novo serviço – Amazon EC2 R5b Instances Provide 3x Higher EBS Performance
As instâncias R5 são projetadas para aplicações de memória intensiva, tais como bancos de dados de alto desempenho, caches distribuídos em escala da web in-memory, bancos de dados in-memory, grandes análises de dados em tempo real, e outras aplicações empresariais. A AWS anunciou a nova instância R5b, que fornece o melhor desempenho de armazenamento conectado à rede do EC2.

AWS Lambda – Granularidade de faturamento de 1ms adicionado no Cost Savings
Desde que o Lambda foi lançado em 2014, o preço tem sido baseado no número de vezes que o código é acionado (pedidos) e o número de vezes que o código é executado, arredondado para os 100ms mais próximos (duração). A partir dessa semana AWS arredondou a duração para o milissegundo mais próximo, sem tempo mínimo de execução.

AWS Lambda – Suporte de imagem de contêineres
Com a Lambda é possível carregar seu código e o executar sem a necessidade de servidores. Muitos clientes gostam da maneira como isso funciona, mas se você investiu em ferramentas de container para seus fluxos de trabalho de desenvolvimento, não é fácil usar a mesma abordagem para construir aplicações usando a Lambda. Para ajudá-lo com isso, a ferramenta agora permite empacotar e implantar as funções Lambda como imagens de contêineres de até 10 GB de tamanho.

Em breve– 3 novas AWS Local Zones em 2020, e o planejamento de mais 12 em 2021
A AWS lançou a primeira AWS Local Zone em Los Angeles em dezembro de 2019, e adicionou uma segunda (também em Los Angeles) em agosto de 2020. Somando 3 disponíveis neste ano, a plataforma está planejando 12 para 2021 que estão em fase de escolha com o objetivo de permitir o acesso com latência de milissegundos de um dígito à grande maioria dos usuários nos Estados Unidos.

Containers

Amazon EKS Distro: A distribuição Kubernetes usada pela Amazon EKS
A AWS lançou o Amazon EKS Distro, uma distribuição da mesma versão de Kubernetes implantada pela Amazon EKS, em que pode ser usada para criar manualmente clusters Kubernetes em qualquer lugar.

Amazon ECR Public: Um Novo Registro Público de Contêineres
Não é novidade a capacidade de hospedar imagens de contêineres de forma privada na AWS com o Amazon Elastic Container Registry, e agora com o lançamento do Amazon Elastic Container Registry Public, é possível hospedar também contêineres públicos, permitindo que qualquer pessoa (com ou sem uma conta AWS) navegue e puxe seus contêineres publicados.

Preview do AWS Proton – Gerenciamento Automatizado para Implantação de Contêineres e Serverless
Manter centenas – ou às vezes milhares – de microserviços com recursos e configurações de uma infraestrutura em constante mudança é uma tarefa desafiadora até mesmo para as melhores equipes. O AWS Proton permite que as equipes de infraestrutura definam modelos padrão de forma centralizada e os disponibilizem para os desenvolvedores em sua empresa. Isso permite um melhor gerenciamento e atualização da infraestrutura sem impactar a produtividade dos desenvolvedores.

Customer Engagement

Amazon Connect – Agora mais inteligente e mais integrada com ferramentas de terceiros
Desde 2017, o Amazon Connect ajuda milhares de clientes a criarem seus próprios contact centers na nuvem. O Amazon Connect facilita a tarefa dos usuários sem muita experiencia a projetar fluxos de interação, gerenciar agentes e rastrear métricas de desempenho. E nessa semana a AWS anunciou um novo conjunto de capacidades para tornar o Amazon Connect mais inteligente e mais integrado com ferramentas de terceiros.

Database

Em preview – Maiores e Mais Rápidos Volumes de Block Express EBS io2 com Maior Rendimento
No início deste ano a AWS lançou volumes io2 com 100x mais durabilidade e 10x mais IOPS/GiB do que os volumes io1. E agora a plataforma disponibilizou em preview os volumes do io2 Block Express que são projetados para proporcionar um desempenho ainda maior!

Nova solução – Amazon EBS gp3 Volume permite que você forneça desempenho além da capacidade
Ao utilizar volumes SSD gp2 com o Amazon EBS, o desempenho está diretamente ligado à capacidade de armazenamento. E por isso a AWS anunciou o novo volume gp3 que permite aumentar a IOPS e a produção sem ter que fornecer capacidade de armazenamento em bloco adicional, pagando apenas pelos recursos que necessitam.

Front-End Web and Mobile

Nova solução – AWS Amplify Admin UI ajuda você a desenvolver anexos, sem necessidade de experiência em nuvem
Com o Amplify Admin UI, os desenvolvedores podem construir aplicações complexas e ricas em recursos, concentrando-se em seu modelo de dados específico de domínio em vez de gastar horas implantando e construindo uma infraestrutura da nuvem. O AWS Amplify oferece aos desenvolvedores front-end uma maneira mais rápida e fácil de desenvolver aplicativos móveis e web, e que são acessíveis aos desenvolvedores que não estão familiarizados com a nuvem e sem a necessidade de dar acesso à AWS a todos os membros da equipe.

Machine Learning

Nova solução – Amazon DevOps Guru ajuda a identificar erros de aplicação e consertos
Foi anunciado o Amazon DevOps Guru, um serviço de operações totalmente gerenciado que permite de forma mais simples, desenvolvedores e operadores melhorar a disponibilidade de aplicações, detectando automaticamente problemas operacionais e recomendando correções.

Novo serviço – Amazon Lookout for Equipment analisa dados históricos do sensor para ajudar a detectar falhas no equipamento
As empresas que operam equipamentos industriais estão constantemente trabalhando para melhorar a eficiência operacional e evitar paradas não planejadas devido a falha de componentes. O Amazon Lookout for Equipment é um serviço de machine learning (ML) baseado em API que detecta o comportamento anormal do equipamento e ajuda as empresas a monitorar a saúde de seus ativos.

Novo serviço – Amazon Lookout for Vision Simplifica a Detecção de Defeitos para a Fabricação
O Lookout for Vision é um novo serviço de machine learning que ajuda a aumentar a qualidade do produto industrial e reduzir os custos operacionais, automatizando a inspeção visual dos defeitos do produto em todos os processos de produção. Usando o Lookout for Vision, você pode detectar danos às peças fabricadas, identificar componentes ou peças em falta e descobrir questões relacionadas ao processo em suas linhas de fabricação.

AWS Panorama Appliance – Trazendo Aplicações de Visão Computacional para o Limite
A Amazon lançou em preview o AWS Panorama Appliance e seu console associado. O serviço permite desenvolver um modelo de visão por computador usando o Amazon SageMaker e depois implantá-lo em um Panorama Appliance que pode então rodar o modelo em transmissões de vídeo de várias câmeras de rede e de IP.

Novo serviço – Amazon Monitron
Monitron é um serviço de monitoramento fácil e econômico que permite monitorar as condições dos equipamentos em suas instalações, permitindo a implementação de um programa de manutenção preventiva.

Storage

Nova solução – O Amazon S3 Replication adiciona suporte para múltiplos buckets
O Amazon S3 Replication elimina a necessidade de você desenvolver suas próprias soluções para replicar os dados em múltiplos destinos. Você pode usar a flexibilidade do S3 Replication para armazenar múltiplas cópias de seus dados em diversas camadas de armazenamento, com diferentes tipos de criptografia, ou através de múltiplas contas.

Amazon S3 Update – Read-After-Write consistente
Com esta atualização do S3, todas as operações S3 GET, PUT e LIST, bem como as que mudam as tags de objetos, ACLs ou metadados, são agora fortemente consistentes. O que você escreve é o que vai ser lido, os resultados de uma LISTA serão um reflexo preciso do que está no bucket.

Continue acompanhando as novidades do re:Invent2020 no blog da Darede!