+55 11 3995-6919 / +55 11 3900-1010

Relatório da Darede reduz os custos do ambiente AWS do Sport Club Corinthians Paulista

A Darede Serviços de TI, empresa parceira Advanced AWS, executou um projeto no Sport Club Corinthians Paulista, com a finalidade de otimizar os custos da infraestrutura AWS através do assessment (análise) do ambiente de TI do clube utilizando o Well-Architected Framework, que consiste no conjunto de boas práticas da principal provedora de serviços de computação em nuvem do mundo que se divide em cinco grandes pilares: Excelência Operacional, Segurança, Confiabilidade, Eficiência de Performance e Otimização de Custos.

Diante desses desafios a Darede realizou uma análise completa no ambiente em nuvem do clube, com o objetivo de aumentar a segurança, buscando proteger as informações sensíveis da empresa bem como criar controles para proteger seus sistemas internos. Aumentar o desempenho da infraestrutura através da organização das cargas de trabalho para uma melhor identificação, melhorar o monitoramento do ambiente a fim de ter uma maior visibilidade da performance das aplicações. Além de aprimorar a resiliência da rede e definir uma política de backup ideal para a implementação de um modelo Disaster Recovery, capaz de prevenir falhas e vulnerabilidades do sistema. Fizemos também um planejamento para readequação dos recursos e serviços usados, fazendo com que a estrutura continuasse com a mesma capacidade, porém custando menos.

As adequações necessárias foram enviadas para o clube com a finalidade de resultar em um ambiente estável, escalável e seguro, além de reduzir os custos do clube.

Sobre a Darede

A Darede, empresa de consultoria especialista em serviços de TI possui 7 anos de experiência no mercado. A empresa, é parceira Advanced da Amazon Web Services (AWS) contando com cinco selos de especialização: AWS Well Architected, WMWare on Cloud, Public Sector Partner, Amazon CloudFront e Amazon EC2 for Microsoft Windows Server. Além de ser Gold Partner em Cloud Productivity da Microsoft.

Leia mais artigos de TI em nosso blog!

Novidades da Semana AWS 28/09 a 02/10

Todos os dias a AWS lança uma série novidades e atualizações em seus produtos que visam melhorar a vida de seus usuários. Reunimos algumas delas que fazem mais sentido para nosso mercado e que certamente aplicaremos em nosso dia a dia. Confira as novidades da última semana.

Governança e Segurança

AWS Secret hub – Mais 5 parceiros (Alcide, Blue Hexagon, Palo Alto, RDSA e Vectra IA)
O serviço AWS Secret Hub anunciou cinco novas parcerias que ajudam a gerar insights, colaborando com a visualização de falhas ou vulnerabilidades no ambiente.

AWS Secrets Manager – DoD Impact Level 4 e 5 authorization pelo DISA
O AWS Secrets Manager recebeu dois níveis de autorização, DoD Impact Level 4 e 5, do Disa (Departamento de Sistemas de Informação de Defesa Americano), para assim conseguir atuar em regiões AWS GovCloud. Essa autorização traz mais credibilidade ao serviço, pois poderá ser utilizado em informações de missões críticas, e do Sistema de Segurança da Informação Nacional (NSS).

Nova solução para gerenciamento centralizado de WAF e VPC Security Groups
A AWS anunciou uma solução centralizada para o gerenciamento e controle de AWS WAF e VPC Security Groups. A partir dessa solução, ficará mais simples configurar, administrar e auditar esses serviços de forma central.

AWS VPN Client-to-site – Suporte conectividade client to client
O serviço AWS VPN Client-to-site agora permite uma conexão entre clientes, assim sendo possível acessar a máquina de outro usuário remotamente.

Amazon CloudFront – Lançamento de Edge Locations no México e Nova Zelândia
A Amazon CloudFront anunciou novas Edge Locations em dois países: México e Nova Zelândia.

AWS CloudFormation Guard – Liberado para uso geral
O AWS CloudFormation Guard, a CLI para realizar auditorias no CloudFormation, está disponível para uso geral. Ele atua para verificar se seu serviço de CloudFormation segue os parâmetros corretos.

AWS AppSync – Suporte WAF
O AWS AppSync anunciou integração com o AWS WAF, facilitando a proteção das APIs contra falhas e vulnerabilidades de seu sistema.

Elemental MediaConnect – Reserved Outbound Bandwith (Reserva)
O MediaConnect, produto da família Elemental voltado para Streaming, agora suporta o Reserved Outbound Bandwith, que consiste em reservas de Data Transfer para assim economizar na utilização da plataforma.

Computing e Storage

Amazon EFS – integração com Systems Manager para gerenciar os clientes do EFS
A partir dessa semana, o Amazon EFS se integra com o AWS Systems Manager para simplificar o gerenciamento dos clientes do serviço.

Amazon EC2 – Limites de instâncias Spots baseadas em vCPUs
O Amazon EC2 anunciou o suporte ao modelo de limite de instâncias baseadas em vCPU nas Spot Instances. Esse conceito já era utilizado desde o ano passado nas instâncias On-Demand e agora passa a ser utilizada nas instâncias Spot.

Amazon Workspaces – anúncio de compartilhamento de imagens entre contas
O Amazon Workspaces anunciou o recurso de compartilhar as imagens do serviço entre contas AWS. Essa solução ajuda a simplificar e acelerar a utilização do serviço, além de aumentar a segurança.

Amazon Braket – Liberado processador quântico 150% mais potente
O Amazon Braket, o serviço de processamento quântico recém lançado, anunciou suporte à família de processadores D-Wave’s Advantage system 5000 qubits, o que faz com que desenvolvedores consigam explorar maiores e mais complexos problemas de otimização quântica.

Amazon Outposts – S3 disponível para expandir armazenamento de outros servidores on-premises
A partir dessa semana, os usuários do Amazon Outposts podem utilizar o serviço Amazon S3 com a finalidade de aumentar o armazenamento de outros servidores, bem como satisfazer a demanda de performance necessária para manter dados nas aplicações on-premises.

Developer Tools

Amazon EventBridge Schema Registry – Suporte a Schemas Json
O Amazon EventBridge, a ferramenta de serviços gerenciados para eventos da AWS, anunciou suporte a Schemas Json, recurso que permite realizar programações prévias antes do dado entrar no sistema, para assim facilitar a comunicação dos eventos.

AWS Codepipeline – Suporte ao comando Git clone para ações de origem/ Suporte a Github Enterprise Server
O AWS CodePipeline anunciou suporte ao Git clone para ações de origem, ou seja, com esse recurso, podemos reunir os metadados do git para realizar análises. Além disso, o serviço agora suporta também Github Enterprise Server, a versão paga do Github.

Amazon ECS – Extensão para CDK disponível em preview para Devs
O Amazon ECS anunciou o preview da extensão para CDK apenas para desenvolvedores, assim sendo possível realizar codificações utilizando linguagem de programação.

AWS Systems Manager – Automation runbooks pelo Visual Studio Code
O Microsoft Visual Studio Code da AWS agora apresenta um plugin do runbooks do AWS Systems Manager, assim é possível realizar configurações nos runbooks sem precisar utilizar aplicações terceiras.

Databases, ML e outros

Launch Wizard – Suporte a SQL Server Always On para Linux
A AWS lançou o serviço do Launch Wizard Aways On para Linux, assim facilitando rodar workloads do SQL Server em um sistema Linux.
https://aws.amazon.com/pt/about-aws/whats-new/2020/09/aws-launch-wizard-supports-sql-server-always-on-deployments-linux/

Amazon Timestream – Lançamento do Banco de dados para análise de dados por tempo
A AWS lançou o novo serviço Amazon Timestream, que consiste em uma plataforma de análise de dados do banco de dados por tempo, trazendo agora a possibilidade de realizar buscas de dados de forma simplificada.

Amazon MSK – Lançamento da versão 2.5.1/ Expansão automática do storage do cluster
O Amazon MSK, serviço de Kafka gerenciado da AWS, lançou a versão 2.5.1 podendo ser atualizado pelo painel da janela de manutenção. Além disso, o serviço oferece agora a expansão automática do storage cluster, portanto quando seu disco estiver próximo do limite, é possível aumentá-lo automaticamente.

Amazon SageMaker – Agora consegue criar modelos 40% mais rápidos e 200% mais assertivos/Processamento de big data em Spark containers
O Amazon SageMaker anunciou que agora é possível criar modelos de machine learning 40% mais rápidos e 200% mais assertivos sem acréscimo de custos e o mesmo número de chamadas. Outra novidade é o suporte a conteiners Sparks para processamento de big data pelo próprio serviço.

Amazon Textract – Suporte a buckets como destino
O Amazon Textract agora suporta buckets como destino, ou seja, é possível manusear dados do S3 e colocar o bucket do S3 como destino, não necessitando mais manusear este dado na sua aplicação para enviar para outro aplicativo.

Amazon Pinpoint – Suporte a Journeys trigadas por eventos
O Amazon Pinpoint, serviço de controle de fluxos e notificações de marketing da Amazon, anunciou o suporte a Journeys trigadas por eventos, ou seja, agora é possível rastrear toda a jornada do cliente na plataforma via análise de eventos.

AWS IoT Core – Agora suporta conexão direta para o Amazon Timestream
Com o lançamento oficial do Amazon Timestream, o serviço IoT Core anunciou uma conexão direta de dados com o novo serviço da AWS.

Quer saber as novidades da AWS das últimas semanas? Leia nosso blog!

E acompanhe toda sexta-feira em nosso canal do Youtube nossa live sobre as Novidades da Semana.

Até semana que vem!

Os benefícios da Telemedicina

O uso da informática na área de saúde se tornou uma realidade ao longo das últimas décadas. Principalmente no que diz respeito ao uso interno, dentro dos consultórios, hospitais e ambulatórios. Como em todo perfil de empresa, Cloud computing está ganhando cada vez mais importância na área de healthcare. Porém para esse negócio, o uso de Cloud se torna inevitável. Usando recursos e serviços dessa tecnologia conseguimos melhorar a experiência dos usuários com um atendimento informatizado, rapidez em laudos de exames, entre outros recursos que irão facilitar o diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças.

E a telemedicina é um dos principais recursos novos do portfólio de serviços de empresas de saúde. Pois, ela traz mudanças contundentes que visam potencializar a experiência dos pacientes com serviços de alta qualidade. Além de facilitar o trabalho dos profissionais de saúde tudo isso reduzindo custos como deslocamento, espaços físicos, sala de espera etc. E com a pandemia do novo coronavírus, esse serviço se tornou essencial como medida preventiva no trato da doença e acelerou em alguns anos a adoção generalizada do serviço.

O que é telemedicina?

A telemedicina é um recurso tecnológico que busca facilitar e aperfeiçoar o atendimento médico à distância. Ela permite que, através da internet, pacientes tenham consultas de forma remota. Além disso, já é possível o envio de exames e receitas médicas virtualmente.

O Conselho Federal de Medicina entende o conceito de telemedicina como um “exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, educação, pesquisa, prevenção de doenças, lesões e promoção de saúde”.

Mas esse conceito não é atual. Essa atividade foi reconhecida de forma oficial pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no fim da década de 90. De forma a aumentar a acessibilidade da medicina em localidades distantes. Ela evita a auto pesquisa de doenças a partir de sintomas na internet, e pode auxiliar na diminuição da automedicação. Pois aumenta a comunicação do médico e do paciente, fazendo com que tenhamos diagnósticos mais precisos e ágeis. Sem contar com a possibilidade do envio de receitas médicas digitais, aceitas em todo o território nacional e porque não até a realização de alguns exames.

Vantagens da telemedicina

Alinhado com o propósito da OMS, a possibilidade de aproximar profissionais de saúde e pacientes, que porventura residem ou estejam temporariamente afastados dos grandes centros, é uma das grandes vantagens desse recurso. Além disso, será possível aliviar a capacidade do sistema público e privado de saúde podendo realizar diagnósticos de pequenas enfermidades remotamente por meio da Teleconsulta.

O uso desse recurso é implementado de forma diferente de aplicações comuns de teleconferência. Não utilizando o Skype ou Zoom, por exemplo. Por meio serviços de cloud computing, as instituições de saúde tem acesso a soluções integradas e seguras especialmente voltadas para healthcare e em conformidade a HIPAA (Lei de Portabilidade e Responsabilidade do Seguro de Saúde), assegurando a privacidade dos dados trafegados na aplicação. Diversos serviços da AWS (Amazon Web Services), por exemplo já possuem conformidade com a HIPAA. Como é o caso do S3 e EC2. A AWS possui inclusive uma página exclusiva sobre esse tipo de conformidade.

Outra vantagem que permite a redução do tempo das consultas, bem como evitar deslocamentos que muitas vezes podem ser desnecessários. Essa é a introdução do atendimento digital via chatbots que através de machine learning pode auxiliar na triagem dos pacientes. Conseguindo separar casos graves que necessitam a ida para hospitais e casos leves que podem ser tratados em casa. Além da realização de prontuários digitais que facilitarão o acesso do histórico do paciente e laudos digitais, podendo ser acessados de qualquer lugar, que trazem uma maior assertividade nos diagnósticos.

A Darede, é empresa parceira Advanced da AWS. Ela oferece diversos serviços para empresas que desejam começar a usufruir dos benefícios da cloud computing na saúde, como a introdução da telemedicina em suas instituições. Venha revolucionar sua empresa com a Darede!

Leia nosso artigo sobre healthcare em nosso blog!