Os #cloudspecialists da Darede reuniram as principais novidades de Compute & Networking da AWS! Confira quais são elas e como elas podem te ajudar!

30/08/2022
Por Ricardo Gulias
Todos os dias a AWS lança uma série novidades e atualizações em seus produtos que visam melhorar a vida de seus usuários. Reunimos algumas delas que fazem mais sentido para nosso mercado e que certamente aplicaremos em nosso dia a dia. Confira as últimas novidades sobre Compute & Networking!

Compute

Amazon EC2 High Memory – Disponível em novas regiões

Agora temos disponíveis as instâncias EC2 High Memory com 12 TB (u-12tb1.112xlarge) na região Leste dos EUA (Ohio) e as instâncias com 6 TB e 3 TB ((u-3tb1.56xlarge ,u-6tb1.56xlarge, u-6tb1.112xlarge) na região de São Paulo.
Estas instâncias são certificadas pela SAP para executar algumas variações do Business Suite on HANA como SAP S/4HANA, Data Mart Solutions on HANA, Business Warehouse on HANA e SAP BW/4HANA em ambientes de produção.

Amazon EC2 – Microsoft Visual Studio Amazon Machine Images (AMIs) disponíveis

Estão disponíveis agora no console do Amazon EC2 e no AWS Marketplace as AMIs com licenças totalmente compatíveis e fornecidas pela Amazon para o Microsoft Visual Studio Enterprise 2022 e o Microsoft Visual Studio Professional 2022, possibilitando o uso sob demanda, ou seja, sem compromisso de licenciamento a longo prazo.

AWS Compute Optimizer – Recurso de designação de uma conta membro para recuperação de recomendações

Agora é possível designar uma conta-membro para recuperar as recomendações e gerenciar as preferências do AWS Compute Optimizer de forma centralizada o que traz maior flexibilidade e facilidade na identificação das oportunidades de otimização dos recursos. Para começar, você pode designar uma conta-membro como administrador delegado usando o console do Compute Optimizer.

Amazon EBS – Novos recursos

Agora você pode optar por escolher quais discos EBS deseja fazer o Snapshot usando uma única chamada de API o que traz uma economia de custos e evita com que você precise gerenciar scripts ou excluir manualmente os Snapshots que não deseja o que simplifica suas operações.

Amazon EC2 – Instâncias C6gd disponíveis em São Paulo

A AWS anunciou a disponibilidade na região de São Paulo as instâncias C6dg que são ideais para cargas de trabalho com uso intensivo de computação, como computação de alto desempenho (HPC), processamento em lote, veiculação de anúncios, codificação de vídeo, jogos, modelagem científica, análise distribuída e inferência de aprendizado de máquina baseada em CPU. O armazenamento SSD local fornecido nessas instâncias beneficiará aplicativos que precisam de acesso a armazenamento de alta velocidade e baixa latência, bem como armazenamento temporário de dados, como processamento em lote e log, e caches de alta velocidade e arquivos temporários. São criadas no AWS Nitro System.

VM Import/Export – Suporte a Windows 11

O VM Import/Export agora oferece suporte à migração de máquinas virtuais que usam o sistema operacional Windows 11 na AWS e executam instâncias usando as imagens importadas em hosts dedicados do EC2 e instâncias dedicadas do EC2.
O Windows 11 define novos requisitos de hardware para UEFI (Unified Extensible Firmware Interface), Trusted Platform Module (TPM) 2.0 e suporte à inicialização segura. Usando o VM Import/Export, agora você pode importar suas imagens do Windows 11 especificando o modo de inicialização para uefi.

Networking

AWS Direct Connect – Expansão do suporte ao AWS Transit Gateway

O AWS Direct Connect agora oferece suporte a conexões com o AWS Transit Gateway em velocidades de 500 megabits por segundo (Mbps) e inferiores, oferecendo opções mais econômicas para usuários do Transit Gateway quando não são necessárias conexões de maior velocidade. Com essa mudança, os clientes que usam o Direct Connect em velocidades de conexão de 50, 100, 200, 300, 400 e 500 Mbps agora podem se conectar ao seu Transit Gateway.

AWS Resilience Hub – Suporte para Elastic Load Balancing e Amazon Route 53 Application Recovery Controller

Agora você pode usar o AWS Resilience Hub com as verificações de prontidão do Elastic Load Balancing (ELB) e do Amazon Route 53 Application Recovery Controller para ajudar a cumprir os objetivos de recuperação do seu aplicativo.
Usando o Resilience Hub, agora você pode avaliar a configuração do ELB do seu aplicativo, incluindo o Application Load Balancer, o Gateway Load Balancer, o Network Load Balancer e o Classic Load Balancer.
O ELB automatiza a distribuição do tráfego de aplicativos de entrada em vários destinos e dispositivos virtuais em uma ou mais zonas de disponibilidade.
Além das avaliações, o Resilience Hub fornece recomendações de configuração do ELB para ajudar a cumprir o objetivo de tempo de recuperação (RTO) e o objetivo do ponto de recuperação (RPO) do seu aplicativo.
O Resilience Hub também se integra às verificações de prontidão do Route 53 Application Recovery Controller. O Route 53 Application Recovery Controller fornece informações sobre se seus aplicativos e recursos estão prontos para recuperação e ajuda a gerenciar e coordenar o failover. Com essa integração, o Resilience Hub agora pode avaliar a configuração do Route 53 Application Recovery Controller e recomendar melhorias para ajudar a alcançar o RTO e o RPO do seu aplicativo.

Amazon CloudFront – Suporte a HTTP/3

O Amazon CloudFront agora oferece suporte a solicitações HTTP versão 3 (HTTP/3) por QUIC para conexões de usuários finais.
O suporte HTTP/3 do CloudFront foi desenvolvido com base no s2n-quic, uma nova implementação de protocolo QUIC de código aberto em Rust, com forte ênfase em eficiência e desempenho. A implementação HTTP/3 do CloudFront oferece suporte a migrações de conexão do lado do cliente, permitindo que os aplicativos cliente recuperem conexões que estão passando por eventos problemáticos, como migração de Wifi para celular ou perda persistente de pacotes, com mínima ou nenhuma interrupção.
Os clientes do CloudFront que habilitaram o HTTP/3 em suas distribuições obtiveram uma melhoria de até 10% no tempo até o primeiro byte e de até 15% nos tempos de carregamento da página. Os clientes também observaram melhorias de confiabilidade à medida que as falhas de handshake foram reduzidas quando habilitaram o HTTP/3 em suas distribuições.

Amazon CloudFront – Lançamento do Origin Access Control (OAC)

O Amazon CloudFront lançou o Origin Access Control, um novo recurso que permite que os clientes protejam facilmente suas origens do S3, permitindo que apenas distribuições designadas do CloudFront acessem seus buckets do S3.

foto-luana-farinazzo

Ricardo Gulias
Technical Account Manager – TAM
ricardo.gulias@darede.com.br

Atuando há mais de 20 anos no mercado de tecnologia, Ricardo Gulias possui grande experiência nas mais diversas soluções tecnologias, além de passar nas maiores empresas do setor. Ele coleciona diversas certificações como prova do seu conhecimento

OUTRAS PUBLICAÇÕES

MongoDB

Quer aprender sobre esta ferramenta de Banco de Dados não-relacional, como ela funciona e como poder instalar em qualquer sistema operacional e provedor de nuvem? Acompanhe sobre MongoDB

Nós usamos cookies para garantir e oferecer a melhor experiência de navegação em nosso site! Mais informações