+55 11 3995-6919 / +55 11 3900-1010

Conectando On-Premises na AWS

Conectando On-Premises na AWS via Direct Connect

Com a popularização da utilização dos serviços em Cloud, uma das maiores necessidades é fazer com que o ambiente On-Premises de uma empresa possa se conectar ao ambiente Nuvem. Com a finalidade de fazer um uso eficiente dos seus recursos. Pensando em alguns itens importantes nessa conectividade, temos a disponibilidade, o baixo custo, a velocidade de acesso à informação e a segurança dos dados.
Atualmente o uso desse acesso se dá através de um serviço baseado em internet chamado de VPN. Ele permite que, possamos manter uma conectividade entre a Cloud e o ambiente On-Premises conforme podemos ver no exemplo abaixo:

DESENHO 1 – CONECTIVIDADE CLOUD_ON-PREMISES VIA VPN

Utilizando esse método de conectividade, os dados que serão trafegados por essa tecnologia são criptografados e encaminhados via Link de Internet entre os ambientes. O que permite dizer que o tráfego está sendo enviado de forma segura. No entanto, a alta velocidade não é garantida, bem como a redundância. Já quando se trata dos links públicos da empresa, esses fatores são dependentes da qualidade do provedor que oferta essa conectividade, gerando uma certa dificuldade no gerenciamento e disponibilidade da informação via VPN.

Direct Connect

Para melhorarmos essa comunicação entre AWS Cloud e o On-Premises, a Amazon nos fornece uma opção de conectividade através de um serviço chamado Direct Connect. Ele utiliza uma conexão L2L via um Parceiro AWS (Links dedicados com a Equinix ou Tivit e compartilhado (hosted) com outras operadoras como Telium e Mundivox) para conectar esses ambientes, como se fosse uma extensão da rede interna do On-Premises para a AWS.
Conforme pode ser visto no desenho abaixo, provendo uma conexão dedicada, melhoramos o desempenho e aceleramos a transferência de dados com segurança e bom custo-benefício utilizando São Paulo e Rio de Janeiro como opções. Para locais mais afastados o custo pode ser maior.

DESENHO 2 – CONECTIVIDADE CLOUD_ON-PREMISES VIA DIRECT CONNECT

Basicamente, o Direct Connect é um link dedicado que conecta a AWS ao ambiente On-Premises. Após essa comunicação física estabelecida, as duas partes devem fazer o uso do protocolo dinâmico conhecido como BGP para estabelecer a sessão de divulgação dos blocos IPs, tanto da AWS quanto do ambiente On-Premises. Esse protocolo permite os filtros através das políticas de BGP que ajudam no bom funcionamento e gerenciamento do serviço.
Com esse modelo de conexão, que antes era utilizado para a comunicação via VPN, associamos o VGW, ou Virtual Private Gateway , ao Direct Connect. Assim o uso da VPN passa a ser redundante ao Direct Connect automaticamente através da prioridade do serviço pela AWS. Em caso de falha no serviço, a VPN assumirá o tráfego sem precisar de intervenção manual para o funcionamento, ou seja, aumentamos a disponibilidade, melhoramos a taxa de transferência, temos redundância na conectividade e mantemos a segurança do transporte da informação. Conforme mostra o desenho abaixo:

DESENHO 3 – CONECTIVIDADE CLOUD_ON-PREMISES VIA DIRECT CONNECT

Até então, esse cenário ainda é o mínimo requisitado para um bom uso do serviço de Direct Connect. Pois mantemos nossa redundância através da VPN, tendo como requisito para esse failover o uso da Internet. Todavia, para adotarmos as melhores práticas fornecidas pela AWS e no intuito de utilizar o serviço de forma mais eficiente e segura. É recomendado que o Direct Connect seja conectado entre AWS e On-Premises por duas conexões físicas distintas. Sendo, por exemplo uma conexão física entre AWS x Equinix-SP4 e uma outra AWS x TIVIT-SPO. Dessa forma temos uma redundância efetiva do serviço. Além de manter o mesmo padrão de funcionamento sem necessidade de acesso para a nuvem via Internet. Sendo assim, não só o desempenho, segurança e disponibilidade se mantém no mesmo nível. Como também, nesse caso, teremos resiliência:

DESENHO 4 – CONECTIVIDADE CLOUD_ON-PREMISES VIA DIRECT CONNECT REDUNDANTE

Como conclusão temos que, o Direct Connect é o serviço que aumenta não apenas a velocidade da sua conexão com a AWS. Consequentemente diminuindo a latência. Como também, se usado da maneira correta, proverá maior disponibilidade, resiliência, redundância e segurança da informação. Levando em consideração que no modelo de cobrança da AWS em cima de DTO (Data Transfer Out). Utilizando o serviço de Direct Connect a cobrança fica mais barata. Bem como o serviço se paga ao tempo de uso de dados que são utilizados por ele.

Laia mais textos técnicos escritos pelos colaboradores da Darede em nosso blog!