Entenda de forma prática como funciona o AWS Lambda e como ele pode ajudar sua empresa a aumentar a produtividade do ambiente em cloud.

O AWS Lambda é um serviço de computação sem servidor, que permite aos desenvolvedores executar código de forma escalável, elástica e sem a necessidade de provisionar ou gerenciar servidores.

Com o AWS Lambda, os desenvolvedores podem escrever funções em uma variedade de linguagens de programação, como Python, Node.js, Java e C#, e, em seguida, fazer o upload dessas funções para o serviço da AWS. A ferramenta gerencia automaticamente a execução dessas funções e cobra apenas pelo tempo de execução, ou seja, pelos milissegundos (em incrementos de 100 milissegundos) em que a função está em execução.

Ao usar o serviço, os desenvolvedores podem se concentrar no código em si, em vez de se preocupar com a infraestrutura necessária para executar esse código. Isso permite que eles criem aplicações de forma mais rápida e com menos esforço.

O AWS Lambda também oferece integração com outros serviços da AWS, como o S3, DynamoDB e o API Gateway, permitindo que os desenvolvedores criem aplicações ainda mais robustas. Além disso, o serviço pode ser facilmente integrado com ferramentas de CI/CD (Continuous Integration/Continuous Deployment) para permitir a entrega contínua de código.

A execução de código no Lambda é baseada em eventos. Quando um evento é acionado, como uma solicitação HTTP ou uma nova entrada em um banco de dados, o código da função do Lambda é executado.

Em resumo, o serviço é altamente escalável e flexível que permite que os desenvolvedores executem código sem se preocupar com a infraestrutura. Com sua abordagem baseada em eventos, modelo de precificação eficiente e integração com outros serviços da AWS, o Lambda é uma ótima solução para criar aplicações escaláveis e resilientes em nuvem.

Funcionamento do Lambda

O Lambda oferece suporte a várias linguagens de programação, incluindo Python, Java, Go, Ruby, Node.js, C# e PowerShell. Os desenvolvedores podem carregar o código de sua função no Lambda como um arquivo ZIP, o que permite que o serviço gerencie o ambiente de execução e a configuração para cada solicitação de função.

Quando uma solicitação é enviada para o Lambda, o serviço verifica se o ambiente de execução necessário para a função está disponível. Se estiver disponível, o Lambda executa a função e retorna a resposta para o invocador. Se o ambiente de execução não estiver disponível, o Lambda cria um novo ambiente, inicializa-o e executa a função.

O ambiente de execução do Lambda é baseado em contêineres e é gerenciado pelo serviço. Cada vez que uma função é executada, o serviço aloca um novo contêiner para a execução da função. Isso garante que o ambiente de execução seja limpo e seguro para cada solicitação de função.

A escalabilidade do Lambda é baseada na execução de várias cópias da função em paralelo. O serviço monitora a carga de trabalho e aumenta ou diminui automaticamente o número de cópias da função em execução, de acordo com a demanda. Cada cópia da função é executada em um ambiente de contêiner separado e é isolada das outras cópias.

O Lambda oferece vários tipos de execução que podem ser usados para atender às necessidades específicas dos desenvolvedores. A seguir estão os tipos de execução disponíveis:

1 – Funções acionadas por eventos (event-driven functions): são funções que são executadas em resposta a eventos específicos, como uma alteração em um objeto no Amazon S3 ou uma nova mensagem em uma fila do Amazon SQS. As funções em tempo real são projetadas para processar rapidamente os eventos e, em geral, são executadas por um curto período de tempo.

2 – Funções programadas (scheduled functions): são funções que são executadas em horários programados. Os desenvolvedores podem usar funções programadas para automatizar tarefas recorrentes, como backups de banco de dados ou atualizações de índice de pesquisa.

3 – Funções de back-end (backend functions): são funções que são executadas como parte de um aplicativo web. As funções de back-end são usadas para lidar com solicitações do cliente, como processar dados de entrada e gerar saídas de resposta.

4 – Funções de processamento de dados em lote (batch data processing functions): são funções que são usadas para processar grandes quantidades de dados em lote. As funções de processamento de dados em lote são úteis para trabalhos que requerem processamento pesado, como processamento de imagem ou análise de dados em larga escala.

Precificação da ferramenta

O modelo de precificação do AWS Lambda é baseado em três fatores principais: tempo de execução, memória alocada e número de solicitações.

O tempo de execução refere-se ao tempo que a função do Lambda é executada, que é medido em milissegundos. Os desenvolvedores pagam apenas pelo tempo de execução exato, arredondado para cima o tempo. Por exemplo, se uma função é executada por 50,1 milissegundos, o desenvolvedor será cobrado por 51 milissegundos de tempo de execução.

A memória alocada refere-se à quantidade de memória que é alocada para a execução da função. O Lambda oferece opções de memória que variam de 128 MB a 3008 MB. Quanto mais memória alocada, mais rápida é a execução da função e maior é a alocação de CPU disponível. O preço por tempo de execução varia de acordo com a quantidade de memória alocada.

O número de solicitações refere-se ao número de vezes que uma função é executada. Cada solicitação é considerada separadamente e é cobrada individualmente. As solicitações podem ser originadas de uma variedade de fontes, incluindo eventos do AWS, chamadas de API, fluxos de dados, etc.

Além disso, a AWS oferece um modelo de preços de camada gratuita, que permite que os desenvolvedores executem até 1 milhão de solicitações e 400.000 GB-segundos de tempo de computação gratuitamente a cada mês. Essa camada gratuita é projetada para ajudar os desenvolvedores a experimentar o serviço sem custos iniciais.

A tabela de preços do AWS Lambda é bastante complexa, e o preço final depende do tempo de execução, da memória alocada e do número de solicitações. No entanto, a AWS fornece uma calculadora de preços em seu site, que permite que os desenvolvedores estimem os custos de execução da função do Lambda com base em suas necessidades específicas.

Importante mencionar também que os valores dos preços variam de acordo com cada região da AWS. Portanto, para saber mais, consulte a página oficial, acessando: https://aws.amazon.com/pt/lambda/pricing/

Vantagens do X-Ray

Há várias vantagens em utilizar o AWS Lambda. A seguir, apresento algumas das principais:

·         Escalabilidade automática: É um serviço de computação sem servidor, o que significa que as funções são executadas em um ambiente gerenciado pela AWS. Isso permite que o serviço dimensione automaticamente a capacidade de processamento para atender a demanda. Dessa forma, os desenvolvedores não precisam se preocupar com a escalabilidade de seus aplicativos.

 ·         Custos reduzidos: O modelo de precificação do Lambda é baseado no uso, ou seja, os desenvolvedores pagam apenas pelo tempo de execução da função. Isso significa que os custos são reduzidos para os aplicativos com baixo tráfego, uma vez que o serviço não é executado continuamente.

 ·         Flexibilidade: O serviço oferece suporte a várias linguagens de programação, permitindo que os profissionais escolham a que melhor atende às suas necessidades. Além disso, também podem usar bibliotecas externas e serviços de terceiros dentro de suas funções.

 ·         Integração com outros serviços da AWS: A ferramenta é projetada para funcionar de forma integrada com outros serviços da AWS, permitindo que as funções sejam acionadas por eventos gerados por outros serviços, como o Amazon S3, Amazon DynamoDB, Amazon Kinesis, Amazon SNS, Amazon SQS e Amazon Cognito.

 ·         Gerenciamento de infraestrutura simplificado: O Lambda é um serviço gerenciado pela AWS, o que significa que a infraestrutura subjacente é gerenciada pela AWS. Os desenvolvedores não precisam se preocupar com a configuração, atualizações de pacotes e gerenciamento de servidores ou outros recursos de infraestrutura.

 ·         Segurança: O serviço oferece várias camadas de segurança, incluindo criptografia de dados em repouso e em trânsito, gerenciamento de chaves e controle de acesso baseado em função (RBAC).

foto-Gustavo-Mainchein
Gustavo Mainchein Full Stack Developer Senior na Darede
gustavo.mainchein@darede.com.br

Gustavo possui larga experiência em desenvolvimento de software e cloud computing. Ele possui diversas certificações da Hashicorp e da AWS, sendo a última AWS DevOps Engineer – Professional.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Amazon Q

Amazon Q

A tecnologia de inteligência artificial está evoluindo e o Amazon Q Service é uma resposta a essa revolução que impacta a tecnologia e aprimora seu nível. Quer descobrir como funciona? Conheça as contribuições incríveis da inteligência artificial com o Amazon Q neste artigo!

Nós usamos cookies para garantir e oferecer a melhor experiência de navegação em nosso site! Mais informações