CASES

O último estudo do Itaú BBA diz que o futebol brasileiro faturou 52 bilhões de reais. De olho nesse mercado, foi criada em 2006 a FutebolCard, empresa que revolucionou o sistema de venda on-line de ingressos de jogos integrando o sistema de catracas em estádios brasileiros.

 Segundo Bruno Dias, Chief Marketing Officer – CMO da empresa, o número está subestimado, e que o potencial de mercado é muitas vezes maior, mas que ainda precisa passar pelo processo de transformação digital para propiciar melhor experiência aos torcedores brasileiros.

A empresa operou, só no último ano, cerca de mil jogos do calendário brasileiro, comercializando mais de 6 milhões de ingressos, trabalhando com mais de 40 clubes, oferecendo diversos serviços, como programas de sócio torcedor, e-commerce de produtos esportivos, planos de telemedicina, streaming com conteúdo de Futebol, além de parcerias com federações e competições.

 Dias explica que a média de público nos jogos é de 6.900 torcedores, e, portanto, oferece muita oportunidade de crescimento. “A gente sabe que, por exemplo, a média do Ceará no estádio do Castelão está perto de 30 mil pessoas, mas o limite de público é de 55 mil torcedores. Isso comprova que ainda existe muito potencial para se ampliar as vendas de ingressos”, avalia o executivo.

No último ano, a FutebolCard foi a responsável pela venda dos 70 mil ingressos para a partida de despedida da seleção brasileira no Maracanã, válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar. Outra iniciativa de sucesso foi o programa de sócio-torcedor Avanti, do Palmeiras, que saiu de zero e chegou a 123 mil sócios, por ocasião do lançamento do Allianz Parque.

Inovação

A FutebolCard desenvolveu uma tecnologia própria para leitura de cartões de crédito e débito pelas catracas, a PassFirst, que contou com apoio inicial da Visa. Essa solução está disponível em grandes estádios, como Maracanã, Morumbi e Mineirão. “Levamos essa tecnologia para todo o Brasil. Hoje, temos clientes de Santa Catarina até o Maranhão”, explica Dias.

Para proporcionar melhor relacionamento dos torcedores e resultados financeiros para os clubes, a FutebolCard desenvolve projetos de afinidade, como por exemplo o programa de sócio-torcedor Mais Fiel do Nordeste, do Náutico, que levou em conta a localização da moradia das pessoas e o poder aquisitivo, o que trouxe aumento no preço médio dos ingressos.

“Estamos desenvolvendo diferentes projetos inovadores para garantir a satisfação do consumidor final, agregando valor às marcas dos clubes, motivo pelo qual precisamos contar com uma nuvem robusta e escalável como da AWS para dar suporte ao nosso crescimento”, enfatiza Dias.

Modernização na nuvem AWS

Durante a pandemia, período no qual os jogos aconteceram de portões fechados, sem a presença do público, a FutebolCard reavaliou alguns pontos do mercado e do próprio modelo de negócio, aproveitando para aperfeiçoar a infraestrutura e suporte da empresa.

 

Assim, quando a volta gradual dos torcedores foi permitida por órgãos públicos, a empresa estava pronta para atender à demanda reprimida.

 

“Havia uma dúvida se o processamento iria suportar a demanda que teríamos pela frente, mas conseguimos executar o sistema de fila com suporte do nosso fornecedor de DNS, o que ajudou a administrar esse período de grande venda”, relembra o coordenador de infraestrutura Cloud & DevOps da empresa, Caio Ramos.

 

Nesse processo foi fundamental a contratação dos serviços de nuvem da AWS, como o Amazon Simple Storage Service (Amazon S3), o AWS CloudFront que é um CDN (Content Delivery Network ou Rede de entrega de conteúdo), AWS WAF (Web Application Firewall), bem como Amazon EC2 Auto Scaling utilizando assim todo o potencial de disponibilidade e escalabilidade da nuvem. Em paralelo com a montagem de estrutura, o apoio do parceiro Darede – Premiere Consulting AWS Partner, permitindo a realização do assessment para a realização da migração total para a AWS.

“Evoluímos ainda mais nossa base de dados, que reúne cadastros de mais de 6 milhões de torcedores. Isso é o core do nosso negócio, muito importante para a área de marketing e conhecimento dos clubes.  Com a modernização do banco de dados, conseguimos otimizar a escalabilidade da aplicação, inclusive com redução de custos, trabalhar de uma forma automatizada e com mais segurança”, ressalta Alan Machado, DBA – Database Administrator da FutebolCard.

A empresa está em constante transformação para implementar modernidade, comodidade e segurança para o torcedor e entregando soluções práticas para clubes, competições e federações. São inúmeros projetos tecnológicos que serão lançados em breve. Ainda no campo do pioneirismo, a FutebolCard selou um acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública que disponibiliza o sistema Córtex de identificação de procurados com mandados de prisão ou torcedores impedidos de entrar no estádio. Se o indivíduo tentar passar na catraca, ele é imediatamente identificado e detido. O piloto foi realizado no estádio do Maracanã na partida entre Fluminense x América-MG, com resultado positivo para a justiça brasileira, ressalta Felipe Nunes, Gerente de TI da FutebolCard.

Outro projeto que está área de inovação da FutebolCard é criação de ingressos em NFTs para jogos comemorativos, produto valioso entre torcedores e colecionadores apaixonados por times de futebol, complementa Felipe.

CONHEÇA OUTROS CASES

A Darede atuou na Escola Infantil Pingo de Gente para hospedar o site institucional da escola na nuvem AWS. Confira como foi esse trabalho!

Veja a atuação da Darede na F3 Capital.

A Darede assumiu a administração da infraestrutura da Somar Meteorologia em 2014, veja como foi a atuação da Darede na empresa!

A NEOASSIST (NEO) é uma empresa pioneira no desenvolvimento de soluções tecnológicas voltadas para o atendimento Omnichannel ao cliente.

A Empiricus é uma longa parceira da Darede. Veja como foi o trabalho da Darede ao implementar o CloudFront na empresa.

Veja a atuação da Darede no Banco ABC!

A Uncenografia buscou a Darede com o desafio de migrar suas cargas de trabalho para um ambiente em cloud. Veja como foi a atuação da Darede!

Entenda de forma prática e simplificada a atuação da Darede no case da FlightMarket. Veja como auxiliamos a empresa em sua jornada para cloud.

Veja a atuação da Darede no Banco Máxima ao migrar seu ambiente integrado a Sinacor para a nuvem AWS! Confere aí!

Entenda o trabalho da Darede na MIrae Asset ao atualizar o ambiente para alcançar o melhor custo benefício do uso do Microsoft Exchange Server.

Confira o trabalho da Darede na Mirae Asset ao realizar a migração total de colaboradores, ativos e serviços de tecnologia para um novo local.

Entenda de forma rápida e simplificada como a Darede atuou no Hiperbanco.

Nós usamos cookies para garantir e oferecer a melhor experiência de navegação em nosso site! Mais informações