WhatsApp Image 2022-05-13 at 4.05.22 PM

Amazon AppStream vs Amazon Workspaces: Quando usar?

Entenda quando podemos utilizar o Amazon AppStream e o Amazon Workspace! Conheça esses serviços no artigo do blog da Darede!

13/05/2022
Por José Anderson Vila Nova
Você tem uma aplicação que é instalada no desktop dos usuários, ou aqueles executáveis que são abertos diretamente do compartilhamento de rede? Ao executar a aplicação, ela faz consultas a um ou vários bancos de dados? Você quer simplificar a sua aplicação e reduzir custos de operação e manutenção. Está ficando cada vez mais difícil gerenciar essas instalações nos desktops dos usuários. Então você decide levar para a AWS. Você prepara toda a infraestrutura de redes, banco de dados, firewall, segurança etc. Agora você precisa preparar a aplicação, e descobre os serviços Amazon AppStream 2.0 e o Amazon Workspaces. E agora? Qual escolher? É o que tentaremos te ajudar explicando um pouco desses dois serviços.

O que é Amazon AppStream?

O Amazon AppStream, disponibiliza uma imagem padrão com algumas versões base do Linux ou do Windows Server. O administrador escolhe a imagem desejada, a inicia, instala as aplicações necessárias, configura os acessos aos bancos de dados e o que mais precisar. Realiza os testes necessários e então verifica que ela está pronta para ser utilizada. Ele então disponibiliza essa imagem personalizada para os usuários.

O que é Amazon Workspaces?

O administrador escolhe uma imagem base, a inicia, personaliza conforme a necessidade dos seus aplicativos, e então a disponibiliza para os usuários, com todas as personalizações que foram realizadas.
Parecem serviços iguais, certo? Mas não é! São dois serviços com propostas diferentes. Cabe a você decidir qual é a melhor opção para o seu cenário. A diferença básica está na persistência da instância. O Amazon AppStream é um serviço feito para iniciar, disponibilizar a imagem personalizada ao usuário e após o seu uso, ela será encerrada para sempre! No dia seguinte, quando o usuário conectar ao serviço novamente, outra instância com base na sua imagem personalizada será disponibilizada. Se o usuário salvou arquivos ou fez downloads no dia anterior, eles não estarão mais disponíveis no dia seguinte, pois ele utilizará uma instância completamente nova. Existe a opção de manter o perfil do usuário persistente, mas isso ficará para um próximo artigo.
Já o Amazon Workspaces, cria uma instância para o seu usuário (com base em uma instância que você personalizou), que será persistente, ou seja, a mesma instância que o usuário utilizou no dia anterior, será disponibilizada para ele novamente no dia seguinte. Os arquivos que ele salvou na raiz do diretório C:\ do Windows, por exemplo, estará lá disponível para ele, no próximo dia. Esse serviço cria uma experiência para o usuário de desktop virtual.

Quando usamos o Amazon AppStream e o Amazon Workspaces?

Dependerá muito do seu cenário. Mas como exemplo, o Amazon AppStream é excelente para disponibilizar aplicações assim como no Citrix ou no Remote Desktop Services, desde que todas as modificações sejam salvas em um banco de dados ou qualquer outro lugar, por exemplo. Assim, para o usuário não importa qual instância ele utiliza, pois os dados utilizados estão em um repositório central, e não está na instância temporária.
Sabe aquela sua aplicação antiga, que trabalha conectada a um banco de dados, e que você ainda não concluiu a migração, mas é essencial para os seus negócios? O AppStream é excelente para esse cenário. Você pode disponibilizar quantas instâncias você precisar em horário de pico por exemplo, e reduzir a quantidade disponível em horários de pouco ou nenhum uso. Assim, você pagará apenas pelos minutos e quantidade de instâncias disponibilizadas!

O Amazon Workspaces é uma excelente opção quando você quer disponibilizar um desktop virtual para o seu usuário, por exemplo. Ele terá a mesma experiência de utilizar os aplicativos em seu notebook. As empresas podem tirar vantagem desse serviço por conseguir manter o ambiente controlado com políticas de segurança, por exemplo, e garantir que por mais simples que seja o dispositivo de acesso, antiga ou nova, o usuário terá uma excelente experiência, pois o processamento todo ocorrerá remotamente. Mantendo o usuário dentro da instância Amazon Workspace, a empresa pode limitar o uso de softwares, e garantir que o antivírus e a instância estejam sempre atualizados, por exemplo.

O Amazon Workspaces, ao contrário do Amazon AppStream será cobrado por instância disponibilizada. Lembre-se que, por ser instâncias persistentes, se você tiver 20 usuários que o utilizam por exemplo, mesmo que você as mantenha desligadas em determinados horários, os discos das 20 instâncias continuam existindo. Você poderá fazer os cálculos e pagar por hora, ou mensal. No entanto, utilizar uma Amazon Workspace em cenários que o Amazon AppStream atenderia, pode ser mais custoso. O Amazon AppStream, no entanto, poderá disponibilizar 50 instâncias em horário de pico, e ter somente 2 executando em horários de baixa utilização. Ele literalmente excluirá as instâncias que não estão em operação.

Esperamos que esse artigo tenha o ajudado a entender um pouco melhor sobre e quando utilizar cada serviço.

foto-jose-anderson-vila-nova

José Anderson Vila Nova
Cloud Architect
anderson.vilanova@darede.com.br

O José Anderson Vila Nova Profissional de Infraestrutura com ênfase em produtos Microsoft, com experiência no suporte e implantação de aplicativos e serviços. Ele possui diversas certificações técnicas e das duas maiores plataformas de serviços em nuvem: a MS100 da Microsoft e a AWS Cloud Practitioner.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Containers: o velho novo recurso de cloud

Os containers são uma boa opção para criar ambientes isolados que possuem todas as configurações e dependências necessárias para a execução de aplicações. Confira nosso artigo sobre esse conceito.

LGPD adiada. Mas o que essa lei muda?

A Lei Geral de Proteção de Dados irá transformar a forma que incluímos ou gerenciamos nossos dados na internet. Mas o que de fato essa lei muda em nosso dia a dia?

Nós usamos cookies para garantir e oferecer a melhor experiência de navegação em nosso site! Mais informações