Amazon-APPSTREAM---INTEGRAR-IMAGENS-AO-ACTIVE-DIRECTORY-blog

Amazon Appstream – Integrar imagens ao Active Directory

Veja de forma prática como podemos integrar imagens do Amazon Appstream ao Active Directory! Artigo de José Anderson Vila Nova

Por José Anderson Vila Nova
No último artigo explicamos as diferenças entre o Amazon Appstream e o Amazon Workspaces. Agora vamos nos aprofundar nas funcionalidades do Appstream, já que em alguns casos, pode ser necessário que o usuário acesse diretórios do File Server da empresa de dentro da instância do Amazon Appstream. Em certas aplicações podem necessitar a realização da leitura e escrita no File Server. Mas a pergunta que fica é: Existe então uma forma de uma instância do Amazon AppStream acessar o file server de sua empresa? E a resposta é sim! E é exatamente o que vamos demonstrar abaixo.
Essa configuração é bem simples. Vamos aos passos:
Em primeiro lugar, precisamos garantir que as redes que serão utilizadas no Image Builder e nas Fleets possuam acesso à rede do Active Directory. Você pode utilizar um Active Directory instalado em uma EC2, um Active Directory em outro Data Center ou até mesmo o AWS Managed AD. O importante é existir comunicação. Com a rede devidamente configurada para atingir esse objetivo, execute os passos abaixo:
1. Em Amazon AppStream 2.0, acesse o Directory Configs, e clique em Create Directory Configs.


2. Na tela de Directory Config Details, insira o nome correto do seu domínio, uma conta de usuário que tenha permissão para ingressar objetos no domínio, a senha do usuário e a unidade organizacional que o AppStream utilizará para adicionar as contas de computador de cada instância criada.

3. Na próxima tela, você verá um resumo das configurações.


4. Para que o Appstream possa adicionar as instâncias no domínio, é necessário configurar o DHCP Options na VPC.

5. Dê um nome para o DHCP Option Set, insira o nome do domínio do Active Directory e o servidor de DNS do seu controlador de domínio (no nosso exemplo utilizamos apenas um, mas o recomendável é ter ao menos 2 servidores de DNS).

6. Nas configurações da VPC, edite qual o DHCP option set deve ser utilizado.

7. Mude para o DHCP Option que criamos anteriormente e clique em Salvar. Observe que isso alterará o DNS e Domain Name que será entregue em toda a sua VPC. Por isso é recomendado que você crie uma VPC exclusiva para o Amazon Appstream, ou se não for possível, que você possa garantir que essa mudança não afetará o restante do seu ambiente.

8. Agora de volta ao Amazon AppStream, em Images, selecione a aba Image Builder e clique em Launch Image builder.

9. Selecione a imagem desejada e clique em Next.


10. Na tela Configure Image Builder, digite o nome desejado para a imagem, selecione a família da instância e clique em Next.

11. Na tela Configure Network, configure os detalhes de rede conforme desejado, e antes de clicar em Next, expanda o sub-menu Active Directory domain – optional. Selecione o nome do seu diretório criado anteriormente e o Directory OU que será usado para inserir as instâncias. E então clique em Next.

12. Em Review and Create, confira as opções escolhidas e clique em Launch Image Builder. Aguarde, pois esse processo leva cerca de 10 minutos.

13. Quando o status estiver running, selecione a sua imagem, clique em Connect, e configure a sua imagem base ingressada no domínio, que você poderá utilizar na sua Fleet.


14. E por fim, quando estiver configurando a sua Fleet com a imagem custom, não esqueça de também configurar as opções de Active Directory, conforme imagem abaixo.

foto-jose-anderson-vila-nova

José Anderson Vila Nova
Cloud Architect
anderson.vilanova@darede.com.br

O José Anderson Vila Nova Profissional de Infraestrutura com ênfase em produtos Microsoft, com experiência no suporte e implantação de aplicativos e serviços. Ele possui diversas certificações técnicas e das duas maiores plataformas de serviços em nuvem: a MS100 da Microsoft e a AWS Cloud Practitioner.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Qual é a nuvem ideal para seu negócio?

Ao migrar para cloud, muitos questionamentos podem aparecer: quais são os tipos de nuvens que existem? Veja nosso artigo que auxilia como decidir a nuvem ideal para seu negócio.

Nós usamos cookies para garantir e oferecer a melhor experiência de navegação em nosso site! Mais informações