Nesse artigo vamos falar um pouco sobre o histórico do versionamento, e como a criação do git pela comunidade Linux ajudou em muito a propagar esse conceito que hoje trabalha desde códigos até projetos de criptomoedas.

O pai ta on!!
O versionamento é um conceito old-school, que engloba desde atualização de kernels (como veremos hoje) até a forma com que estamos mais habituados hoje, com versionamento de códigos.

Nesse artigo vamos falar um pouco sobre o histórico do versionamento, e como a criação do git pela comunidade Linux ajudou em muito a propagar esse conceito que hoje trabalha desde códigos até projetos de criptomoedas.


Histórico

Não é segredo para ninguém que o kernel do Linux é ‘opensource’ ou ‘código aberto’. Isso significa que qualquer pessoa pode abrir o código e fazer alterações nele, e até sugerir na comunidade melhorias nos códigos já existentes. Para isso é utilizado um sistema de versionamento de códigos.

Durante muito tempo (mais de 10 anos) as mudanças do código fonte do kernel eram compartilhadas via comunidade em forma de correção, contudo em 2002 o Linux iniciou a entrada em versionamento distribuído com a solução BitKeeper. A solução permaneceu no kernel por pouco tempo (até 2005), quando a empresa decidiu torná-la paga, o que a inviabilizou para o projeto.

Assim Linux Torvalds e a comunidade iniciaram o desenvolvimento da sua própria solução de versionamento distribuído, com o foco em tudo que estavam precisando: velocidade, simplicidade, e sobretudo desenvolvimento paralelo. Foi então que nasceu o GIT.


A importância do GIT

Note que versionamento como o CVS, SVN e etc já existiu muito antes do git, contudo o fato dele ser o padrão dentro de sistemas Linux, o fez ganhar uma força de aderência/aceitação da comunidade muito grande.

Adicione isso ao fato de que agora desenvolvedores e usuários do mundo todo poderiam sugerir de maneira rápida e simples alterações dentro do código, e que os contribuidores (moderadores) poderiam aceitar ou não essa alteração, só fez a ferramenta ganhar mais aceitação e admiração.

Limitações de velocidade e gerenciamento que o SVN possuía, (e nem vou entrar nos contras do CVS…) foram sanadas no GIT, e os benefícios ainda incluíam suporte a outros sistemas como Unix e Windows.

O ponto mais importante do GIT é o fato dele não possuir um ‘servidor centralizado’, ou seja, não há necessidade de se trabalhar com sincronia total com um servidor. Você simplesmente ‘baixa’ a versão atual do desenvolvimento principal, e inicia a sua própria linha de desenvolvimento. Quando todas as suas alterações estiverem concluídas, simplesmente envia essas alterações para fazer a junção (merge) com a linha principal:


Git e a comunidade Cripto

Percebeu que o git tem uma semelhança grande com a base de todas as criptomoedas: a blockchain.

Conceitualmente, uma blockchain é uma cadeia de blocos, onde cada bloco tem um dado, um hash, e o hash anterior, e para um bloco ser aceito dentro da cadeia é necessário que no mínimo 51% de toda a rede o aceite utilizando algoritmos de consenso (assunto para outro post).

Já no Git, não existe essa necessidade de verificação, qualquer pessoa que alterar o projeto pode dar um commit na linha master. Adicionado a isso é totalmente possível você reescrever o histórico no git com um –force, o que dentro de uma blockchain (séria) é praticamente impossível.

Contudo o importante aqui não é falar sobre as diferenças entre eles, e sim como um ajudou (e muito) o outro a crescer. Mesmo em cripto com poucas alterações como o bitcoin, sem um sistema distribuído de compartilhamento de códigos, seria muito difícil chegar aonde chegou, uma vez que as interações se limitariam os desenvolvedores.

Agora em criptos onde as alterações são mais frequentes como no ethereum, sobretudo agora com o advento do The Merge, as interações de códigos, e até os forks para testes em ‘cópias’ dos projetos seria impossível.

That’s all folks! Be Happy!!!

foto-thiago-marques

Thiago Marques
Technical Account Manager
thiago.marques@darede.com.br

Technical Account Manager da Darede, formato em Rede de Computadores, e pós graduado em Segurança da Informação. Possui ampla experiência em Datacenters e Service Providers, além de ser um entusiasta em DevOps e mercado financeiro.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Darede – AWS Consulting Partner of Year 2021

A APN Awards é um reconhecimento da Amazon Web Services dos principais parceiros em diferentes regiões do mundo que ajudaram seus clientes a construir soluções tecnológicas para suas corporações, impulsionando a transformação digital e inovação utilizando os serviços da Nuvem AWS. Os vencedores deste prêmio demonstraram de forma prática como é possível proporcionar a melhor experiência do mundo da computação em nuvem e transformá-la em impacto positivo nos negócios mundo afora. E na edição deste ano a Darede foi premiada como a Consultoria Parceira AWS do ano. Essa é uma comprovação da qualidade do serviço prestado pela empresa, que desde 2013 trabalha todos os dias para revolucionar as empresas através de soluções tecnológicas, sempre prezando pelo bom atendimento e alto nível de seus profissionais. Sobre a premiação, o CTO e cofundador da Darede, Flávio Rescia disse: “Estamos emocionados e muito felizes com esse prêmio, pois trabalhamos duro todos os dias para proporcionar o melhor para nosso cliente. Gostaríamos de agradecer toda nossa equipe por todo esforço e dedicação, pois sem eles nada disso teria acontecido. Também agradecemos ao pessoal da AWS que prestaram todo o suporte e nos deram toda liberdade para fazer o que a gente mais gosta, prestar o melhor serviço para nossos clientes.” O CEO e cofundador Muriel Arneiro também agradeceu a todos sobre esse reconhecimento: “É um orgulho receber esse reconhecimento, por isso agradecemos muito a todo nosso time que trabalha noite e dia, sem poupar esforços, para trazer o melhor para nosso cliente. Também é importante agradecer nossos clientes que acreditam todos os dias em nosso projeto e que sem eles não seríamos absolutamente nada. E claro a AWS que nos dá todas as condições para trazer o melhor para nossos clientes, estamos muito felizes com essa parceria e saibam que estamos apenas no começo dessa caminhada que será de muito sucesso.” O CMO e um dos sócios da Darede, Marcelo Carazato enfatizou o apoio total da AWS para a conquista desse prêmio: “Recebemos essa notícia com muita emoção, e isso é o resultado de um trabalho constante de toda a nossa equipe, já que desde o primeiro contato presta um atendimento totalmente diferenciado e personalizado a nossos clientes. Aqui buscamos todas as alternativas para prestar o melhor serviço para eles, por isso tenho muito orgulho de nosso time. E gostaria de fazer um agradecimento especial ao pessoal da AWS, pois eles nos dão todas as condições para oferecer o melhor serviço, não é a toa que a empresa é a principal plataforma do mundo, eles realmente são parceiros para todas as horas.” Veja a matéria no site da AWS: https://aws.amazon.com/pt/blogs/apn/announcing-the-aws-partner-network-regional-2021-partners-of-the-year/

Tecnologias de Cloud Computing revolucionam o setor de Qualidade.

A tecnologia da nuvem revolucionou vários setores em todo o mundo, e o setor de qualidade é um deles que foi significativamente transformado por essa mudança. Neste artigo, vamos ver quais ferramentas de computação em nuvem estão sendo utilizadas e como impactam o setor de qualidade.

Container Registry

Seguindo a série de artigos sobre container, dessa vez nosso #cloudspecialist Thiago Nunes fala sobre as principais ferramentas de container.

Novidades da Semana 08 a 12 de março

Todos os dias a AWS lança uma série novidades e atualizações em seus produtos que visam melhorar a vida de seus usuários. Reunimos algumas delas que fazem mais sentido para nosso mercado e que certamente aplicaremos em nosso dia a dia. Confira as novidades da última semana. Segurança AWS Shield Advanced – Suporte a tags O AWS Shield Advanced agora protege recursos ou grupo de recursos baseados em sua tag. São suportados os seguintes recursos: EC2, ELB, CloudFront, Global Accelerator e Route53. AWS Security Hub – adição de 25 novos controles de boas práticas AWS Security Hub adicionou 25 novos controles de boas práticas. Agora o Security Hub possui 115 controles básicos de segurança. AWS IAM – Novo recurso no Access Analyzer O AWS Identity and Access Management (IAM) Access Analyzer agora permite que você valide o acesso de usuários antes de implantar as alterações de permissões. Storage & Analytics AWS Glue – DataBrew adiciona novas transformações visuais O AWS Glue DataBrew adiciona quatro novas transformações visuais – Binning, Skewness, Binarization e Transpose, ajudando analistas e cientistas de dados a aproveitar essas transformações sem escrever nenhum código. AWS Glue – DataBrew novas funções no painel de qualidade Ao gerar perfis de qualidade de dados em seus conjuntos de dados, o DataBrew agora publica um painel visual no console AWS Glue DataBrew com mais de 40 estatísticas e visualizações listadas em um formato tabular para fácil comparação. Amazon Redshift – Anúncio da ferramenta Amazon Redshift Cross-database queries As consultas entre bancos de dados do Amazon Redshift fornecem a capacidade de consultar bancos de dados em um cluster Redshift. Esse recurso agora está disponível em todas as regiões onde os tipos de nodes do Amazon Redshift RA3 estão disponíveis. Com as consultas entre bancos de dados, você pode realizar consultas de qualquer cluster, independentemente de qual você está conectado. Amazon Redshift – Anúncio da ferramenta Amazon Redshift Data Sharing O Amazon Redshift Data Sharing, uma maneira fácil e segura de compartilhar dados ao vivo entre clusters Redshift, agora está disponível para todos. Amazon RDS for PostgreSQL – Suporte a disaster recovery (DR) gerenciado O Amazon RDS para PostgreSQL agora oferece suporte a backups automatizados entre regiões. Este recurso estende a funcionalidade de backup existente do Amazon RDS, oferecendo a capacidade de configurar a replicação automática de snapshots do sistema e transaction log de uma região primária para uma região secundária. Amazon RDS for PostgreSQL – Instâncias M6g and R6g disponíveis em diversas regiões Agora as instâncias m6g e r6g estão disponíveis nas regiões de N. California, Canadá, São Paulo, e Londres. Amazon Aurora – Global Database expande a disponibilidade para São Paulo e Estocolmo Agora o Amazon Aurora Global Database está disponível nas regiões de São Paulo e Estocolmo (Suécia). Amazon Aurora PostgreSQL – suporte a autenticação simultânea com Active Directory e IAM Os clientes agora podem ativar vários protocolos de autenticação ao mesmo tempo para um cluster Amazon Aurora PostgreSQL. O Amazon Aurora PostgreSQL oferece suporte à autenticação Kerberos com Microsoft Active Directory (AD) e autenticação de banco de dados IAM, no passado você podia escolher apenas um para um determinado cluster. Amazon RDS for Oracle – suporte a versão 13.4 do Oracle Management Agent (OMA) for Oracle Enterprise Manager Cloud Control 13cR4 O Amazon RDS para Oracle agora oferece suporte ao Oracle Management Agent (OMA) versão 13.4 para Oracle Enterprise Manager (OEM) Cloud Control 13c versão 4, atualização 9. AWS Backup – adiciona recursos de backup contínuo e point-time-recovery de instâncias do Amazon RDS O AWS Backup adiciona suporte para backups contínuos e point-time-recovery (PITR) de instâncias do Amazon RDS. Você não precisa mais coordenar janelas de backup, períodos de retenção ou controles de acesso entre o Amazon RDS e o AWS Backup. Você pode realizar a recuperação pontual de suas instâncias do Amazon RDS diretamente com AWS Backup. Amazon Elastic File System – suporte a classe de armazenamento de baixo custo O Amazon EFS agora oferece suporte a classe de armazenamento Single Availability Zone (AZ) (One Zone), reduzindo os custos de armazenamento em 47% em comparação com as classes Amazon EFS Standard. Amazon Elasticsearch Service – agora publica eventos no Amazon CloudWatch e no Amazon EventBridge O Amazon Elasticsearch Service agora publica eventos para Amazon CloudWatch e Amazon EventBridge para fornecer melhor visibilidade do serviço. Eventos para indicar a disponibilidade de uma atualização de software de serviço para um domínio, o início de uma atualização e a conclusão de uma atualização serão incluídos na versão inicial. Compute Amazon EKS – suporte à criação e gerenciamento de add-ons no AWS CloudFormation O Amazon EKS agora permite que você crie e gerencie add-ons EKS usando o AWS CloudFormation. AWS Lambda – adiciona quatro verificações do Trusted Advisor O AWS Lambda agora oferece suporte a quatro novas verificações do Trusted Advisor, sao elas: Taxa de Erro, Timeouts, Runtime depreciado e Alta disponibilidade. Outros Amazon Connect – nova interface de usuário de chat O Amazon Connect Chat adiciona um widget de bate-papo pronto para usar, tornando mais fácil começar a atender seus clientes por meio do bate-papo com apenas alguns cliques. AWS Amplify – Versão Android com suporte ao Kotlin Agora o Amplify Android suporta Kotlin. O novo módulo oferece suporte a todas as categorias de recursos do Amplify Android, incluindo autenticação e armazenamento de dados. https://aws.amazon.com/pt/about-aws/whats-new/2021/03/announcing-kotlin-centric-developer-experience-in-amplify-android/ Quer saber as novidades da AWS das últimas semanas? Leia nosso blog! E acompanhe toda sexta-feira em nosso canal do Youtube nossa live sobre as Novidades da Semana.

Nós usamos cookies para garantir e oferecer a melhor experiência de navegação em nosso site! Mais informações