Prepare-se para elevar seus projetos de armazenamento a um novo patamar com o Amazon S3 Express One Zone.

Data: 26/03/2024

Por Kauê Fernandes Braz

Amazon S3 Express One Zone

O Amazon S3 Express One Zone é uma novidade de armazenamento para quem busca alta performance. Quer saber como funciona? Acompanhe neste blog abaixo.

O que é?

O Amazon S3 Express One Zone é uma nova classe de armazenamento que foi provisionada para aplicações que precisam de alta performance, acesso aos dados em milissegundos. Comparado com o S3 Standard, o Express One Zone é 10x mais rápido, custo 50% menor de requisições de API e escala elasticamente para processar milhões de requisições por minuto. Para aumentar a performance, os recursos devem ser mantidos em uma mesma zona de disponibilidade e garantem que esta nova classe é voltada para uso com serviços como: 

  • Amazon SageMaker 
  • Amazon EMR 
  • Amazon Athena 
  • AWS Glue 
  • Amazon ECS 
  • AWS Lambda 
  • Amazon EC2 

Benefícios

  1. Velocidade Sem Precedentes: Oferece velocidades de acesso aos dados até 10 vezes mais rápidas do que a classe S3 Standard, com custos de solicitação 50% mais baixos, proporcionando um impulso significativo no desempenho.
  2.  Flexibilidade de Armazenamento: Elasticidade de desempenho semelhante a outras classes de armazenamento S3, permitindo escalonamento contínuo da capacidade de armazenamento conforme a demanda.
  3. Disponibilidade e Redundância: Projetada para uma disponibilidade de 99,95% numa única Zona de Disponibilidade, respaldada pelo Acordo de Nível de Serviço do Amazon S3. O armazenamento redundante em vários dispositivos garante acesso ininterrupto aos dados, mesmo diante de falhas simultâneas de dispositivos.
  4. Armazenamento Co-Localizado: Exclusivo do S3 Express One Zone, permite que os usuários escolham uma única Zona de Disponibilidade, maximizando a velocidade de acesso.
  5. Tipo de Bucket de Diretório: Introduz um novo tipo de bucket, o bucket de diretório do Amazon S3, otimizando a velocidade de acesso e suportando centenas de milhares de transações por segundo.

Demonstração

Para a criação de um S3 Express One Zone, há novas etapas de configurações a serem feitas durante a implementação de um novo bucket. Ao criar um bucket, selecione o Diretório como o Tipo de Bucket, esta opção usa o S3 Express One Zone.

Para otimizar a baixa latência, os objetos são armazenados em uma única AZ, então você precisa especificar a região e uma AZ e após a implementação do bucket o ID da AZ vai ser automaticamente incluso no sufixo do nome do bucket. Ao selecionar a AZ, reconheça que os dados podem ser perdidos em caso de interrupção da zona de disponibilidade, insira o nome do seu Bucket conforme as regras de nomenclatura e prossiga com a configuração.

Continuando com a configuração, quando selecionamos o diretório como tipo de bucket, algumas configurações não podem ser modificadas, por exemplo, a propriedade do objeto onde as ACLs são desabilitadas, o acesso público é bloqueado e a criptografia utilizada é de SSE-S3.

Contudo, com o bucket implementado, será possível realizar upload de suas pastas e arquivos para armazenamento. Entretanto, algumas features não são suportadas dentro do S3, como na parte de Propriedades do Bucket, que não podem ser alteradas e em permissões, onde só é possível alterar na política do bucket.

Conclusão

O S3 Express One Zone é uma classe inovadora de armazenamento divulgada durante o Re:Invent de 2023. Ela oferece velocidade e flexibilidade que superam a das outras classes de armazenamento, tornando-se uma escolha convincente para aplicações onde a minimização da latência é o ponto crucial. Se for utilizada para fluxos de trabalho interativos ou análises intensivas de dados, seus recursos exclusivos e benefícios de desempenho tornam esta classe uma peça valiosa ao armazenamento da aplicação na AWS.

foto-kaue-braz
Kauê Braz Assistente de Infraestrutura em Nuvem.
kaue.braz@darede.com.br

Kauê Braz é formado em Técnico em Redes de Computadores pelo SENAI e atualmente cursa Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela FIAP. Ele possui as Certificações AWS: Cloud Practitioner, Solutions Architect Associate e Developer Associate.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

O que é API?

Por Cassius Oliveira No artigo sobre o conceito de Open Banking, apresentamos a API como uma forma de padronizar a forma de operar e tornar

Conheça o Microsoft Power Platform

Entenda de forma prática e simplificada como o Microsoft Power Platform pode auxiliar sua empresa! O Microsoft Power Platform é uma plataforma de negócios que

Nós usamos cookies para garantir e oferecer a melhor experiência de navegação em nosso site! Mais informações